João Pessoa
Feed de Notícias

Alunos e professores destacam resultados positivos do projeto de cultura de paz na EJA

quinta-feira, 15 de setembro de 2016 - 16:48 - Fotos:  Secom PB

Alunos e professores da Rede Estadual de Ensino comemoram os resultados da implantação pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), da Metodologia Liga pela Paz na Educação de Jovens e Adultos (EJA). A iniciativa trabalha a educação relacionada à emoção, como mudança no comportamento dos alunos, valorizando a autoestima e a confiança para auxiliar na busca pelo conhecimento.

Na Escola Estadual Obdúlia Dantas, de Catolé do Rocha, a turma da EJA concluiu, na semana passada, um ciclo de encontros da Metodologia Liga Pela Paz, e receberam certificado de conclusão e o DVD Emoções na Família – Construção da Paz. Adevânio Ananias foi um dos alunos. Ele disse que o ensinamento ajudou até no convívio com seus familiares e colegas de trabalho. “Me ensinou a ser mais pai, esposo, amigo. Foi muito emocionante conversar em grupo assuntos tão relevantes para um melhor convívio. Aprendi muito nesses encontros”, enfatiza.

Calistrata Bezerra de Sousa, uma das educadoras que conduziram os encontros, explica que as avaliações feitas com os alunos, a maioria pais e mães, no ambiente escolar e em casa, mostram que eles aprenderam a ser mais amorosos, pacientes e atenciosos com os filhos. “Trata-se de uma metodologia muito bem elaborada, de forma que os alunos comecem a ter mais vontade de se relacionar melhor com a família e na própria escola”, comenta.

A educanda Aurélia Targino disse que os encontros de Emoções na Família ofereceram oportunidade de trabalhar temas importantes para o dia a dia. “Adquiri mais conhecimento para meu papel de mãe, distinguindo crítica construtiva de destrutiva. Aprendi, no curso, a gostar mais de mim”, enfatizou Aurélia.

Marcelo Vieira, educador socioemocional, diz que foi muito positivo trabalhar a educação emocional com jovens e adultos. “Eles saem daqui melhores. Dizem que os encontros farão falta, que queriam continuar e que houvesse mais encontros. A gente fica feliz de a escola proporcionar encontros como este, de comunhão, de fraternidade, de diálogo sobre coisas da vida coletiva”, acrescentou.

Hélio Custódio, coordenador do Núcleo Pedagógico da 8ª Gerência Regional de Educação (GRE), em Catolé do Rocha, elogiou os alunos da EJA pela busca de novos conhecimentos. “Tudo isso será importante nas relações interpessoais, na elevação da autoestima, no convívio familiar e em comunidade. O empenho dos educadores socioemocionais da Escola Obdúlia Dantas também merece destaque, já que abriu suas portas com carinho para que os educandos pudessem conhecer e desenvolver suas habilidades emocionais”, conclui ele.

Liga pela Paz – A metodologia começou a ser aplicada em 2014, na Paraíba, com a proposta de implantar uma cultura de paz e não violência nas escolas, bem como contribuir para melhoria da aprendizagem e da convivência dos alunos. A iniciativa já conseguiu reduzir em 34% os comportamentos problemáticos na sala de aula, como: agressividade destrutiva, hiperatividade e tristeza/depressão.

Este ano, além dos alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental I, a metodologia se estende aos estudantes de 6º e 7º anos do ensino fundamental II e na Educação de Jovens e Adultos (EJA), com conteúdo teórico e atividades psicopedagógicas, que serão ministrados por professores de Artes.