João Pessoa
Feed de Notícias

Alunos do IEP são primeiros a participarem do projeto “A Escola vai à Fundação Casa de José Américo”

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017 - 16:50 - Fotos:  Divulgação

Cerca de 40 alunos do Instituto de Educação da Paraíba (IEP) foram os primeiros a usufruir do projeto “A Escola vai à Fundação Casa de José Américo”.  Durante uma manhã, eles visitaram as instalações do Museu-Casa e seguiram para o pátio do Mausoléu. Lá, eles agregaram o acesso a valores simbólicos e nutricionais, como a degustação dos frutos do pomar para, a partir disso, conectar o patrimônio ambiental, aliado ao mundo literário de José Américo.

No pátio, os alunos do 3º ano do ensino médio, encontraram uma mesa com mangas e cajus, ladeada por duas mesas com livros, oriundos da campanha da FCJA “Esqueça um livro”, realizada em julho, com o objetivo de estimular o interesse das pessoas pela leitura e incentivar o desapego a livros já lidos e fora de uso pessoal.

A professora Kallygênesis Filgueiras já havia combinado que cada aluno faria um relatório escrito sobre as impressões que teriam do local e do mundo literário de José Américo. Após serem recebidos pelas mediadoras do Museu-Casa, Valéria Diniz, Maria do Socorro Queiroz e Geruza de França, eles foram conduzidos ao pátio e questionados sobre a vida e obra de José Américo.

O aluno que primeiro respondesse a pergunta, corretamente, recebia um livro.  Isaac Ítalo Pereira Barbosa disse que foi muito importante conhecer in loco a vida e obra do patrono e Lilian Karen gostou de saber que foi ele quem fundou a Universidade Federal da Paraíba.

O lançamento do projeto piloto “A Escola vai à Fundação Casa de José Américo”, que ocorreu em setembro, promoveu a formação de professores como agentes multiplicadores das ações junto aos alunos da rede pública estadual, contribuindo com a perspectiva atual da educação integral.  O objetivo é promover o acesso dos alunos às ações educativas e culturais, lúdicas e midiática aos espaços de memória, história e literatura, representados pelo Museu, Arquivo, Biblioteca e Cineclube da FCJA.