João Pessoa
Feed de Notícias

Alunos de escolas estaduais assistem peça de palhaças cariocas no Espaço Cultural

sexta-feira, 24 de julho de 2015 - 17:32 - Fotos: 

Cerca de 600 alunos de escolas estaduais da Paraíba assistiram à apresentação do espetáculo “Tem areia no maiô”, do grupo carioca “As Marias da Graça”. A peça circense faz parte da programação de férias do Espaço Cultural José Lins do Rêgo, em João Pessoa. Alguns estudantes vieram do interior, a exemplo do município de Picuí, a 250 km da Capital.

A peça conta a história de quatro palhaças que resolvem ir à praia num belo domingo de sol. Até aí, um programa normal para qualquer família bem-humorada.  Na praia, as palhacinhas fazem um strip-tease desfilando com seus maiôs graciosos e contando histórias muito divertidas.

Clívia de Lima Dantas tem 16 anos e é uma das estudantes da Escola Estadual Professor Lordão, em Picuí. “Eu sempre gostei de manter contato com a cultura, já fiz até apresentações de teatro. Viagens como essa me deixam renovada”, declarou a jovem, que cursa o 2º ano.

A professora Micaela Santos, representante dos 36 alunos que vieram do interior, diz que o passeio faz parte de um projeto que busca integrar, cada vez mais, os estudantes com as artes. “Eles ficam maravilhados e voltam com muitas ideias, entusiasmados e com vontade de compartilhar as experiências”, disse.

Muitos dos estudantes entraram num teatro pela primeira vez. É o caso de Pablo Alves Dantas, que tem 10 anos. Estudante do Sesquicentenário, em João Pessoa, ele ficou encantado com a peça. “Eu achei a apresentação muito engraçada, ri muito”, falou.

Segundo o coordenador de circo da Fundação Espaço Cultural (Funesc), Dioclécio Barbosa, essa foi a primeira vez que o Teatro Paulo Pontes recebeu alunos de escolas públicas depois da reinauguração do local, em julho do ano passado. “É muito gratificante oferecer arte para jovens como esses, que muitas vezes não têm contato com a cultura, principalmente as crianças”.

“Marias da Graça” – As atrizes Geni Viegas, Vera Ribeiro, Samantha Anciães e Karla Concá, que, na peça, fazem as palhaças: Maffalda dos Reis, Shoyo, Iracema e Indiana da Silva também ficaram emocionadas. “Não deveria ser comum tantas pessoas em contato com a cultura pela primeira vez, mas que bom que estamos fazendo parte dessa mudança de hábitos e comportamentos”, falou Samantha.