João Pessoa
Feed de Notícias

Alunos da Escola Especial de Música Juarez Johnson participam de audição nesta terça-feira    

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014 - 17:53 - Fotos: 

Dedicação, amor e respeito. Eis a base que sustenta a Escola Especial de Música Juarez Johnson (EEMJJ), unidade da Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego (Funesc). Projeto pioneiro no Nordeste, a unidade encerra as atividades do ano letivo de 2014 nesta terça-feira (16) com uma audição especial, a partir das 14h30, no auditório da escola. A entrada é gratuita e conta com a participação de alunos e professores.

A atividade é uma oportunidade para que o público conheça o trabalho que vem sendo desenvolvido por uma equipe de profissionais de diversas áreas junto a crianças e adolescentes com necessidades especiais. A unidade cultural é referência no desenvolvimento de atividades artístico-culturais junto ao público atendido. Por meio da educação musical, as crianças desenvolvem suas aptidões para a arte, o que contribui para um melhor aprendizado.

“A apresentação da Escola Especial Juarez Johnson propõe uma reflexão sobre a necessidade de termos um olhar mais humanizado em relação a políticas públicas para a cultura. Não apenas em relação às questões pedagógicas e terapêuticas, mas em relação ao acesso à própria produção cultural local. Temos a sorte de ter um corpo de funcionários na Escola, extremamente comprometido com esses objetivos e, creio que, com a reforma e a adequação do Espaço, poderemos pensar em ir mais longe e sonhar mais alto”, diz o presidente da Funesc, Lau Siqueira.

Para ele, a apresentação revela a realização de um trabalho cotidiano bem sucedido, com dedicação e amor. “Algo que envolve essa meninada, os profissionais e as famílias. Mas, também algo que precisa ter um olhar mais atento da própria sociedade”, observou. 

Pioneirismo - Verdadeiro exemplo de cidadania, a escola é um projeto mantido pelo Governo do Estado por meio de sua Fundação Espaço Cultural (Funesc). O trabalho visa contribuir para a inclusão social de crianças e adolescentes que possuem algum tipo de deficiência mental. São pessoas que encontram, através da convivência com uma equipe capacitada, a chance de superar obstáculos.

Atualmente coordenada por Leonnardo Limongi, a escola é formada por uma equipe multifuncional da qual fazem parte músicos, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, psicóloga, fisioterapeuta e enfermeira. O objetivo é propiciar estímulos que possibilitem o desenvolvimento das áreas motora, cognitiva e emocional das crianças através da música, que é um meio de expressão verbal.

História de sucesso - A Escola Especial de Música Juarez Johnson caracteriza-se por seu pioneirismo uma vez que é a primeira Escola Especial de Música do Brasil voltada exclusivamente para alunos portadores de necessidades especiais. A unidade tem como objetivo primordial a atenção integral à pessoa com deficiência através do ensino da música.

O publico alvo da Escola são crianças com idade a partir de um ano e adolescentes que possuam deficiências como síndrome de Down, paralisia cerebral, autismo, paraplegia, deficiência visual, hidrocefalia, nanismo, mutismo, mielomeningocele, elefantíase, síndrome de Asperger e síndrome de William.

A maior estratégia da Escola Especial de Música Juarez Johnson é desenvolver, socializar, harmonizar, interagir as crianças com a  sociedade.

Um dos ambientes mais movimentados e alegres da Funesc, a Escola Especial de Música Juarez Johnson está instalada em um espaço cheio de cores e energia positiva, cheio de movimento com total apoio para os alunos especiais da escola.

O objetivo principal da EEMJJ é abrir canais de comunicação, além de apresentar a música como importante elemento terapêutico no contexto educacional, visando o desenvolvimento de novas estratégias que facilitem o processo de inclusão do aluno com necessidades especiais e desenvolver a linguagem musical em crianças portadoras de necessidades especiais físicas, intelectuais e visuais.

A Escola Especial de Música Juarez Johnson é um espaço de troca de experiências musicais entre professor e terapeuta oferecendo estímulos que possibilitem o desenvolvimento nas áreas motora, cognitiva e emocional das crianças. Fatores como autodisciplina, paciência, sensibilidade, coordenação, e a capacidade de memorização e de concentração são valorizadas com o estudo da música.

Benefícios - O que parece uma brincadeira, na verdade, traz vários benefícios ao pequenos aprendizes, maximizando o potencial das crianças para a música. Vale a pena salientar aspectos como a melhoria do desenvolvimento cerebral, aumento das capacidades motoras. O ensino também ajuda as crianças a desenvolver um “ouvido musical”, facilita o relacionamento entre pais e filhos através de atividades integradas.  Aumenta a compreensão dos conceitos matemáticos, estimula a concentração, desenvolve a expressão pessoal. Um dos mais importantes benefícios é a promoção da auto-estima e confiança. Ensina a disciplina e a responsabilidade, melhora e aumenta a capacidade de memorização, ajudando a desenvolver a imaginação.