João Pessoa
Feed de Notícias

Alunos da Escola Especial de Música da Funesc fazem concerto

quinta-feira, 16 de junho de 2011 - 12:45 - Fotos:  Antonio David/Secom-PB

Um concerto com a participação de mais de 20 pequenos músicos marcou, na manhã desta quinta-feira (16), o encerramento do semestre letivo da Escola Especial de Música Juarez Johnson, da Fundação Espaço Cultural (Funesc), em João Pessoa.

Familiares e amigos dos alunos estiveram presentes para prestigiar o evento. Em seguida, os alunos puderam assistir a uma sessão no Planetário. “A musicalidade é algo que todos têm e esse projeto é uma oportunidade para que essas crianças desenvolvam suas aptidões”, diz Graça Chaves, mãe da aluna Cybelli.

Durante o concerto, os alunos fizeram apresentações individuais, mostrando um pouco de suas aptidões. Um dos destaques foi a execução ao piano e violoncelo da música “Mama África”, de Chico César, atual secretário de Estado da Cultura. Para esquentar o clima junino, os alunos tocaram “Tareco e Mariola”, de Petrúcio Amorim.

Para finalizar, a orquestra completa tocou e cantou canções infantis, incluindo uma versão divertida e politicamente correta de “Atirei o Pau no Gato”, que ensina a não maltratar os animais. Por fim, todos cantaram a música “Eu já sei cantar”, que é uma síntese do trabalho do semestre.

Certificados – Cada aluno recebeu o certificado das mãos de Erlaine Souza, diretora da Orquestra Sinfônica da Paraíba, que representou a presidência da Funesc no evento. O mestre de cerimônia foi o aluno Michael Douglas.

“A Escola Especial de Música é um espaço de trocas. Trocas de experiências musicais, energias, sentimentos e carinhos entre professores, alunos e terapeutas”, conta a violoncelista Patrícia Johnson, coordenadora do projeto.

A escola possui hoje 26 alunos. As crianças têm a faixa etária de 1 e 15 anos, portadores de síndrome de Down, paralisia cerebral, autismo, deficiência visual, hidrocefalia, dislexia, nanismo, mutismo, mielomeningocele, dentre outras.

Os caçulas são Tatiana e Tarcísio, na faixa etária dos dois anos, mas que estão na escola desde o ano passado.

Sobre a escola – Inaugurada em 2009, a escola é composta de uma equipe de músicos profissionais nas áreas correspondentes como também de uma fonoaudióloga, terapeuta ocupacional, psicóloga e de uma fisioterapeuta. São oferecidas aulas de piano, violino e violoncelo. As aulas são ministradas em conjunto e individuais dependendo do grau de avaliação do responsável. O objetivo é propiciar estímulos que possibilitem o desenvolvimento nas áreas motora, cognitivas e emocionais das crianças. A música é um meio de expressão, comunicação verbal devido a seus efeitos emocionais e de motivação. É um estímulo que enriquece o processo sensorial, como também desenvolve os processos motores, além de fomentar a criatividade e a disposição para mudanças. Fatores como autodisciplina, paciência, sensibilidade, coordenação, e a capacidade de memorização e de concentração são valorizadas com o estudo da música.

Os alunos passam a adquirir uma nova disciplina mental, comportamentos e autoconfiança. “Procuramos sempre uma forma de proporcionar aos integrantes da Escola de Música Especial Juarez Johnson, que ela seja sempre uma fonte de alegria, e bem-estar e como de ultrapassar o medo e frustrações de nossos alunos. A alegria, a esperança, o amor, o carinho dos profissionais, o sorriso, o movimento, o bem estar, a auto-estima, fazem parte do cardápio diário da escola”, conta Patrícia Johnson.

A escola está instalada nas dependências do Espaço Cultural José Lins do Rego, na Rua Abdias Gomes de Almeida, 800, Tambauzinho, sala 45, rampa -2 (ao lado da Orquestra Sinfônica).