João Pessoa
Feed de Notícias

Aluno da UEPB participará de Programa da Embaixada dos EUA

quarta-feira, 25 de novembro de 2009 - 09:57 - Fotos: 

O único selecionado da Paraíba foi o estudante do sexto período do curso de Relações Internacionais da UEPB, Thiago Espíndola Lira, que viajará brevemente para os EUA e integrará o programa acadêmico intensivo, cuja finalidade é proporcionar aos participantes uma compreensão mais profunda dos Estados Unidos, e simultaneamente, melhorar suas habilidades de liderança.

Com a duração de cinco semanas (de 23 de janeiro a 27 de fevereiro) e organizado pela Universidade do Tennessee, em Knoxville, o programa compreende debates, leituras, apresentações de grupo e palestras. As atividades serão complementadas por viagens educacionais para outras partes dos Estados Unidos, além de oportunidades de voluntariado. O ponto culminante acontecerá com uma visita a Washington. O Departamento de Estado dos EUA irá cobrir todos os custos dos participantes.

Esta é a primeira viagem internacional protagonizada por Thiago, que conta 20 anos. Entusiasmado, ele explanou que integrar o programa servirá, em especial, para auxiliá-lo nos estudos. Atualmente, Espíndola desenvolve uma pesquisa acadêmica, por meio do Instituto Nacional de Estudos das Relações Exteriores dos Estados Unidos (INEU), voltada para a compreensão da política de combate ao terrorismo do Governo Bush (2001-2009) e relacionada à posição das organizações internacionais, quanto aos prisioneiros de Guantánamo. Ainda é possível destacar, entre outros pontos, o engajamento do estudante em atividades sociais, a exemplo de sua colaboração no Projeto Educa-Som, iniciativa realizada no bairro do Rangel, que busca afastar crianças das ruas, através da educação musical.

Um dos objetivos do programa é o desenvolvimento de liderança dos participantes. Neste contexto, o programa irá incluir discussões em grupo, formação e exercícios que incidem sobre temas como os atributos essenciais de liderança, habilidades de resolução de problemas, comunicação eficaz e capacidade de gestão para diversos ambientes organizacionais. Além disso, o Study of the US Institute for Student Leaders anseia aumentar a consciência dos participantes acerca da história e evolução do EUA, expondo sua sociedade, cultura, valores e instituições, em sentido lato. Também será incorporado um enfoque na vida americana contemporânea.

Conforme a adida cultura da Embaixada dos EUA, Jean Manes, uma das metas da iniciativa é aprimorar o diálogo entre americanos e brasileiros. “Estamos constantemente procurando os líderes atuais e futuros dos dois países a fim de aproximá-los para que compartilhem as melhores práticas e liderem o caminho para a construção do futuro”, disse.

Para o procedimento da seleção foram levadas em conta diversas características dos estudantes. Seria dada preferência, entre outros itens, a alunos que demonstram a capacidade de liderança e estão envolvidos em sua comunidade a partir de atividades extracurriculares. A fluência no Inglês também contou como fator imprescindível. Além disso, era necessário dispor de um nível elevado de desempenho acadêmico, a exemplo de boas notas, prêmios e recomendações de professores.

Ascom/UEPB