João Pessoa
Feed de Notícias

Aluna de Picuí representa a Paraíba no Programa Parlamento Jovem Brasileiro em Brasília

segunda-feira, 23 de setembro de 2013 - 17:48 - Fotos: 

A estudante Nathália Leite de Oliveira, da Escola Estadual Professor Lordão, da cidade de Picuí, no Curimataú paraibano, embarcou neste domingo (22) para Brasília, onde representa a Paraíba como deputada federal pelo Programa Parlamento Jovem Brasileiro (PJB). Nathália Oliveira elaborou um Projeto de Lei que dispõe sobre a criação de estágio de voluntariado jovem nas escolas públicas do Brasil. O projeto foi orientado pelos professores Robson Rubenilson, Olivânio Dantas, Eudes Diniz e pela graduanda em Direito Izabel Rodrigues, que representou a Paraíba na edição do PJB de 2011.

A aluna representará a Paraíba até a próxima sexta-feira (27) na jornada parlamentar na Câmara dos Deputados. Por meio da simulação da rotina dos trabalhos legislativos, o programa objetiva despertar os jovens parlamentares para a reflexão crítica e representação política na vivência do processo democrático.

A Escola Professor Lordão funciona com o Ensino Médio Regular, Programa Ensino Médio Inovador (Proemi) e Educação de Jovens e Adultos (EJA), atendendo a 815 alunos matriculados nos três turnos. Os alunos da 3ª série do ensino médio também são atendidos pelo Programa Vestibular Social do Governo do Estado (PBVest), que ofereceu 150 vagas na cidade de Picuí. A unidade de ensino conta com laboratórios de Informática, Ciências, Robótica, Matemática, além de biblioteca. Os professores receberam tablets, assim como os alunos matriculados na 1ª série do ensino médio.

O estabelecimento de ensino foi contemplado nos anos de 2011 e 2012 com o Prêmio Escola de Valor e 13 professores tiveram seus projetos selecionados em 2011 e em 2012, no Prêmio Mestres da Educação. No total, foram beneficiados aproximadamente 60 servidores na escola em cada um dos dois anos. A Escola também foi selecionada em 2012 no Prêmio Gestão Escolar (PGE), do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), que destaca o trabalho do diretor da unidade Robson Rubenilson, contemplado com uma viagem de intercâmbio de duas semanas aos Estados Unidos.

O programa – O Parlamento Jovem Brasileiro é realizado anualmente e visa possibilitar aos alunos de escolas públicas e particulares a vivência do processo democrático, mediante participação em uma jornada parlamentar na Câmara dos Deputados, em que os estudantes tomam posse e atuam como deputados jovens.

A primeira edição do programa ocorreu em 2004. De lá para cá, houve a participação de 690 jovens parlamentares estudantes do ensino médio. Desde 2011, além dos estudantes do terceiro ano, os do segundo ano também podem participar, bem como os alunos que cursam o ensino técnico integrado ao ensino médio.

Durante o período da Legislatura prevista para os estudantes, que tem a duração de cinco dias, os participantes têm a oportunidade de experimentar o dia-a-dia dos parlamentares brasileiros no desempenho de suas funções. O trâmite das proposições apresentadas pelos deputados jovens se dá de acordo, na medida do possível, com as normas regimentais vigentes na Câmara dos Deputados.

O Programa Parlamento Jovem Brasileiro teve número recorde de inscrições em 2013. Ao todo, 1.631 estudantes de todo o Brasil se inscreveram para participar do programa. Este número representa um aumento de 42% em relação a 2012, o que equivale a 482 inscrições a mais.

O número de representantes jovens por estado e pelo Distrito Federal é feita de maneira proporcional, como nas eleições oficiais. São Paulo, por exemplo, que tem o maior número de deputados na Casa, recebe 11 parlamentares jovens, enquanto o Distrito Federal e o Acre, que têm oito representantes, recebem um representante jovem. No caso da Paraíba, foram duas alunas selecionadas: Nathália Leite de Oliveira, da Escola Estadual Professor Lordão; e Riísa Rose Dantas Macedo Alves, do Colégio e Curso Divino Espírito Santo, também de Picuí.