João Pessoa
Feed de Notícias

Alta hospitalar do vice-prefeito de Campina Grande é acompnhada pelo governador

segunda-feira, 19 de abril de 2010 - 08:31 - Fotos: 

O governador José Maranhão acompanhou neste domingo (18), pela manhã, a alta hospitalar do vice-prefeito de Campina Grande, José Luiz Júnior (PSC), internado há oito dias no Hospital Jayme da Fonte, em Recife (PE), onde se submeteu a um transplante de fígado, dia 11 deste mês. “Nós nos abraçaremos em espírito. A Paraíba está com o coração em festa por sua recuperação e estamos lhe aguardando ansiosamente para que você assuma suas atividades”, disse Maranhão ao encontrar José Luiz.

Maranhão assegurou, após ouvir o apelo de José Luiz Júnior por uma conscientização por parte da população para a doação de órgãos, que a Paraíba vai sediar uma campanha educativa envolvendo órgãos da administração estadual e federal, com sede no Estado, além dos segmentos sociais. Ele aproveitou para agradecer e elogiar o empenho da equipe do hospital pelo êxito do procedimento cirúrgico.

“Devemos aproveitar esse momento, no sentido emblemático, para conclamarmos a população para a doação de órgãos mostrando que a solidariedade de doar pode salvar vidas preciosas”, declarou o governador. Maranhão disse ainda que essa conscientização não é apenas uma questão de salvar vidas, mas também cultural e que, por isso, a campanha envolverá além da Secretaria de Saúde, a de Educação. “É uma atitude de solidariedade”, reforçou.

José Luiz Júnior chegou ao hospital apresentando quadro clínico gravíssimo, causado por uma cirrose hepática tipo C. De acordo com o cirurgião geral Cláudio Lacerda, responsável pela equipe que realizou o transplante, a evolução pós-operatória foi “fantástica e na cirurgia não houve nenhuma intercorrência”.

“Deus sabe o bem que me fez. Em nenhum momento, minha fé foi abalada. Estou muito feliz. Desse ensinamento quero fortalecer uma atitude de solidariedade, que é a doação de órgãos. Recebi o fígado de uma pessoa desconhecida que me deu a vida”, disse José Luiz Júnior. O órgão foi de um doador desconhecido, que teve diagnóstico de morte cerebral, após um acidente no Rio Grande do Norte. Considerada de grande porte, a cirurgia durou sete horas.

“Creio que Deus esteve tomando a mão desses homens no sentido de fazer o que é necessário fazer”. O vice-prefeito disse que a vontade era de abraçar o governador e agradeceu a visita e a solidariedade. Além do governador, José Luiz Júnior recebeu a visita neste domingo dos vereadores Olímpio Oliveira (PMDB), Fernando Carvalho (PMDB) e Ivan.

O vice-prefeito permanece em Recife pelos próximos 30 dias para acompanhamento e uso de medicação imunossupressora. O médico Cláudio Lacerda, que é o coordenador de transplantes do Estado de Pernambuco, ressaltou o fato de que em nenhum momento José Luiz Júnior usou sua condição de autoridade para “pular” a lista de espera para transplante.

“Ele entrou na fila como um cidadão comum. O critério utilizado para que recebesse o órgão foi a gravidade do quadro clínico”, fez questão de dizer o cirurgião. Outra atitude que o cirurgião considerou exemplar, por parte do vice-prefeito, foi a atitude dele em incentivar uma campanha de doação de órgãos. O Hospital Jayme da Fonte realiza uma média de 100 transplantes de fígado por ano. José Luiz Júnior foi o transplantado 267.

Sony Lacerda, com fotos de Mano de Carvalho