João Pessoa
Feed de Notícias

Alex Klein estreia na regência da Orquestra Sinfônica da Paraíba

sexta-feira, 9 de março de 2012 - 12:57 - Fotos:  João Francisco/Secom-PB

Em um evento marcado por surpresas e emoção, a Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB) abriu, oficialmente, na noite dessa quinta-feira (8), a temporada 2012. O concerto também marcou a estreia do maestro Alex Klein na regência da OSPB. Em seu discurso, o novo maestro ressaltou que a orquestra é um exemplo de sociedade perfeita, e que esse modelo deve ser transmitido à sociedade – o que, na Paraíba, será colocado em prática com a implantação do Programa de Inclusão Através da Música e da Arte (Prima).

Em seu discurso, Klein falou com otimismo sobre a temporada deste ano e antecipou (sem citar nomes), que a Orquestra aguarda convidados de renome ao longo do ano, seja na regência ou como solistas. O objetivo, segundo ele, é reinserir a OSPB no universo das grandes orquestras. Ele aproveitou a noite de estreia para agradecer, mais uma vez, pelo convite do secretário de Estado da Cultura, Chico César, para reger a Sinfônica.

Da primeira fila na plateia, o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, acompanhou o concerto ao lado da primeira-dama, a jornalista Pâmela Bório, e do filho Henri. Também esteve presente o secretário de cultura, Chico César, ao lado da presidente da Fundação Espaço Cultural, Lu Maia.

Entusiasmo – O maestro regeu o concerto com muito entusiasmo e foi retribuído com calorosos aplausos pelo público, após a execução das peças de abertura. No segundo ato, Klein registrou o desejo de fazer a OSPB voltar a enviar para o resto do mundo a cultura da PB. “A Paraíba este ano sai na frente, sendo o primeiro Estado do País a ter um compositor residente, Liduíno Pitombeira”, revelou.

O regente falou ainda sobre o desafio lançado à Orquestra, a partir deste ano, de resgatar a obra do compositor José Siqueira. “Com todos esses projetos, o desejo da OSPB é apenas um, mostrar a Paraíba ao mundo e trazer o mundo à Paraíba”, enfatizou.

Ao final do concerto, o maestro surpreendeu e emocionou a todos se juntando ao público para aplaudir aos músicos da OSPB.