Fale Conosco

9 de agosto de 2013

Agricultores são atendidos pelo Governo durante Jornada de Inclusão em Nazarezinho



Os agricultores familiares do município de Nazarezinho, Região Administrativa da Emater em Sousa, participam nesta sexta-feira (9) da Jornada de Inclusão Produtiva promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, organizada pela Emater Paraíba, quando técnicos atendem ao público.

Durante todo o dia, os técnicos da Emater vão atender às demandas dos agricultores e a população em geral com a distribuição de mudas frutíferas, palma, sementes de sorgo e plantas ornamentais, demonstrações práticas de silagem e fenação, elaboração de projetos de crédito diversos, orientação sobre comercialização, aquisição de terra, documentação e outras ações.

O diretor técnico da Emater, Erasmo Lucena, presente ao evento, informou que as Jornadas de Inclusão Produtiva vão acontecer em toda Paraíba durante o mês de agosto e têm como finalidade incentivar a agricultura familiar e o desenvolvimento rural sustentável.

O coordenador de Operações, Jailson Lopes da Penha, informou que no ano passado ocorreram 149 jornadas, beneficiando 5.978 famílias agricultoras com 3.916 propostas de crédito elaboradas. A meta para este ano é promover 223 jornadas de inclusão produtivas em todo o Estado.

No final do mês de julho aconteceu a primeira Jornada na região de Sousa, no município de Vieirópolis, quando compareceram ao evento mais de 400 pessoas, entre agricultores familiares, autoridades, sociedade civil e outros parceiros.

As Jornadas de Inclusão Produtiva têm por finalidade esclarecer dúvidas dos agricultores familiares, dando oportunidade de acesso a programas e políticas públicas como crédito para aquisição de terra, participação no Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), Programa Nacional Rural de Habitação (PNRH), entre outros.

A Jornada de Nazarezinho conta com a participação de parceiros como BNB, Orçamento Democrático, Agroamigo, Secretaria de Ação Social do Município, Sindicato de Trabalhadores Rurais, Associações Comunitárias Rurais e Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS).  Toda a mobilização está sendo coordenada pelo chefe do escritório regional da Emater em Sousa, Francisco de Assis Bernardino, com a participação de extensionistas.