Fale Conosco

10 de abril de 2012

Agricultores familiares vão receber atendimento do Samu para casos de emergência



Uma ação do Governo do Estado, colocada em prática pela Emater Paraíba, empresa vinculada a Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), e a Superintendência Regional da Secretaria de Saúde em Patos, permite que os agricultores familiares tenham acesso aos serviços do Samu, em caso de emergência.

A Emater e o Samu deram início, no final de março, ao “Samu na Zona Rural”, um projeto educativo de orientação em primeiros socorros para agricultores familiares, começando de forma experimental no município de São Mamede, com a participação de agentes de saúde. Participaram desse primeiro evento 37 famílias.

Os ensinamentos consistem, basicamente, na orientação para os primeiros socorros em caso de acidentes domésticos, engasgo de crianças ou adultos, cuidados contra a ação de animais peçonhentos e, principalmente, como acessar ao Samu e o Corpo de Bombeiros nas emergências. A proposta é de que os participantes sejam agentes repassadores dos ensinamentos para outras famílias.

“O objetivo é levar informações até as comunidades mais distantes, aumentando assim as chances de salvar vidas em situações de urgência”, comentou Francisco Acácio, chefe do escritório regional da Emater em Patos.

O presidente da Emater, Geovanni Medeiros, disse que a perspectiva é de que este projeto embrionário seja motivação para que outros municípios: “Percebeu-se entre os participantes um clima de segurança e motivação para levar às outras pessoas o que aprenderam”, comentou.

O coordenador regional da Emater em Patos, Francisco Acácio, informou que as comunidades rurais de Saco, Serra Branca, Cupim, Jatobá e Roça de São Mamede também receberão a visita da equipe de treinamento. As próximas etapas de treinamentos acontecerão em Santa Luzia, São José do Sabugi, Várzea e Junco do Seridó.