Fale Conosco

31 de maio de 2013

Agricultores familiares de Pilar discutem agroecologia e biofertilizante



A Emater Paraíba, em parceria com a Prefeitura Municipal de Pilar, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) e associações de produtores rurais do município realizaram a oficina de Agroecologia e Convivência com a Estiagem. O evento contou com a participação de agricultores familiares em comemoração a Semana dos Orgânicos.

A oficina aconteceu no Assentamento Boa Sorte. O trabalho utilizou a metodologia Participativa Social, onde todos contribuíram no processo coletivo construtivista e de empoderamento do conhecimento trabalhado.

A oficina pautou-se na confecção de um biofertilizante anaeróbico totalmente acessível ao produtor rural. Foram utilizados materiais de fácil acesso e em abundância na propriedade rural: bombona, garafa pet e mangueira de polietileno, ervas nativas e naturalizadas, esterco bovino, urina de vaca, rapadura, cinza e cal virgem em proporção ao volume do recipiente utilizado.

O biofertilizante comum foi desenvolvido inicialmente por um extensionista rural da Emater do Rio Grande do Sul e enriquecido por diversos pesquisadores com novas denominações: Superbio, Agrobom, Vairon etc.

O biofertilizante tem como propriedades e princípios hormonal, repelência, potencializador nutricinal, elicitor, indutor de fitoalexinas (indutores de defesas natural das plantas) entre outros, ou seja, é um produto multifuncional nos processos vitais dos vegetais”, explicou o chefe da Unidade Operadora a Emater em Pilar, João Gonçalves Filho, localizada na regional de Itabaiana.