João Pessoa
Feed de Notícias

Agricultores familiares de assentamento são beneficiados com projetos de energia solar

terça-feira, 2 de maio de 2017 - 10:42 - Fotos:  Secom-PB

O programa de energia solar desenvolvido pelo Governo do Estado, financiado pelo Banco do Nordeste, destinado a agricultores familiares, chega a assentamentos rurais. Na quinta-feira (27), no assentamento Antônio Conselheiro, no município de São Miguel de Taipu, no Vale do Rio Paraíba, oito beneficiários assinaram contrato de financiamento para implantação de projetos de energia solar na irrigação da pastagem em piquetes destinados ao criatório de pequenos animais.

Os projetos foram elaborados pela Emater, empresa integrante da Gestão Unificada, através do escritório regional de Itabaiana e a unidade operativa de São Miguel de Taipu. Todo o processo de implantação dos aviários terá acompanhamento de extensionistas rurais. Cada assentado iniciará seu projeto com 300 aves, distribuídas em dois piquetes de pastagens. O assentamento também foi contemplado com um projeto de bovino, perfazendo um total de R$ 240 mil investidos, através de recursos do Pronaf A, liberados pelo BNB.

Na ocasião, também foram entregues notas fiscais no valor de R$, 3.200, 00 pela compra de 2,7 toneladas de produtos da agricultura familiar através do PAA Estadual, que beneficiarão 260 famílias carentes, creches e escolas do município. No ano passado, em São Miguel de Taipu, foram comercializadas mais de quatro toneladas de produtos agrícolas.

Durante o evento, os agricultores puderam tratar de renegociação de suas dívidas com o BNB, que estava presente com uma equipe de técnicos, orientando e esclarecendo dúvidas.

Representando no evento o presidente da Gestão Unificada Nivaldo Magalhães, o coordenador regional da Emater em Itabaiana, Paulo Emílio Carneiro de Sousa, disse que a recomendação tem sido no sentido de levar a assistência técnica continuada aos assentados que solicitarem. Afirmou também que os investimentos serão importantes para a melhoria da qualidade de vida das famílias ali residentes, pois se trata de uma ação que garante geração de renda.

Também estava presente no evento, o coordenador da 12º Região do Orçamento Democrático, André Melo, que anunciou para o dia 2 de junho a realização de mais uma plenária na região de Itabaiana pelo Governo do Estado.  A gerente de Negócios do Pronaf da agência do BNB em Sapé, Ivanna Kelly Farias de Oliveira conduziu os processos de renegociação de dívidas dos agricultores.

O presidente da Associação dos Trabalhadores do Assentamento Antônio Conselheiro, José Roberto de Sousa (Beto do Tapuá), explicou que no começo deste ano procurou o escritório da Emater e solicitou apoio para projetos que deseja implantar na comunidade, como também, pediu ajuda para solucionar pendências junto aos bancos com relação ao Pronaf. Para melhorar a renda das famílias, o extensionista Fábio Pereira apresentou como alternativa a criação de galinha caipira e de ovinos.

Energia solar – Durante o evento, os agricultores conheceram o funcionamento do sistema onde-grid, que conectado à rede de energia gera economia e proporciona sustentabilidade, com substancial redução nas contas de consumo de energia. Foi apresentado o exemplo do produtor e criador rural José Correia, do Sítio Caldeirão, no município de Ingá, também localizado na região do Vale do Paraíba, que em dezembro de 2016 optou pela implantação do sistema de energia solar e, de uma taxa mensal de R$ 190,00 pelo de consumo de energia de sua propriedade e sua residência na cidade, está pagando pouco mais de R$ 10,00 mensais como taxa de disponibilidade.

O secretário da Agricultura do município, Aluisio Barbosa Mendes, destacou ser preciso abraçar o programa de energia solar que está sendo apresentado pelo Governo do Estado, por meio da Emater, porque é a certeza de benefícios para o agricultor. Disse esperar que projetos iguais ao do Assentamento Antônio Conselheiro sejam levados a outras comunidades rurais.