Fale Conosco

16 de junho de 2015

Agricultores de Casserengue são contemplados com crédito rural durante jornada de Inclusão Produtiva



Casserenegue3 270x202 - Agricultores de Casserengue são contemplados com crédito rural durante jornada de Inclusão ProdutivaEm parceria com o Governo Federal, o Governo da Paraíba, por meio da Gestão Unificada da Emater, Emepa e Interpa (GU), vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, está investindo fortemente em crédito rural para atender a grande demanda dos agricultores familiares.

Casserengue4 270x202 - Agricultores de Casserengue são contemplados com crédito rural durante jornada de Inclusão ProdutivaO circuito de crédito que está ocorrendo na região administrativa da Emater de Solânea, no Brejo paraibano, já contemplou centenas de agricultores. No município de Casserengue, dentro da Jornada de Inclusão Produtiva, na sexta-feira (12), foram assinadas 31 propostas e contratos de crédito do Pronaf, FNE, crédito fundiário e Agroamigo, totalizando um volume de recursos de R$ 182.000,00, beneficiando cerca de 40 famílias agricultoras.

Casserengue2 270x202 - Agricultores de Casserengue são contemplados com crédito rural durante jornada de Inclusão ProdutivaNa ocasião, o agricultor José Aurélio Ferreira de Lima,  do Sítio Lagoa Grande, assinou proposta de crédito fundiário no valor de R$ 50.000,00. Ele disse que com esse dinheiro pretende construir uma cisterna, um barreiro, adquirir animais de pequena criação e plantar palma forrageira para garantir alimento dos animais em épocas de seca.  “O projeto leva até 20 anos para ser pago, com mais três de carência, só não paga quem não quer. Foi muito boa essa ação do crédito fundiário. Agora vou realizar meu grande sonho”, comemorou.

Casseregue 1 270x202 - Agricultores de Casserengue são contemplados com crédito rural durante jornada de Inclusão ProdutivaO circuito de crédito, que deverá se estender às 15 regiões administrativas da Emater no Estado, tem o objetivo de criar mecanismos de divulgação e a elaboração de projetos, com ênfase nos programas de crédito fundiário, Pronaf, Agromais e Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). A ideia, segundo o coordenador Regional da Emater de Solânea, Rui Morais, é garantir, de forma sustentável, a compra de terras e a estruturação de unidades produtivas, com obras estruturantes de convivência com as estiagens prolongadas na região semiárida.