Fale Conosco

2 de maio de 2012

Agreste, Brejo e Litoral também podem ter chuvas abaixo do normal, alerta Aesa



Meteorologistas da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) estão monitorando alterações térmicas nas águas do Oceano Atlântico. É que a diminuição da temperatura no mar pode provocar uma diminuição das chuvas esperadas para os próximos meses nas regiões do Agreste, Brejo e Litoral, do Estado.

“O resfriamento da água do mar influencia diretamente os índices pluviométricos da Paraíba. As últimas informações apontam para uma previsão de chuvas variando de normal a abaixo do normal, de maio a julho, na área leste do Estado”, explicou a meteorologista Marle Bandeira.

Em relação às altas temperaturas registradas nos últimos meses, estudos dos técnicos da Aesa apontam para uma manutenção do clima neste mês de maio. Mas, a boa notícia é que a partir da segunda quinzena de junho o termômetro deve registrar temperaturas mais amenas. Este ano o inverno tem início, oficialmente, às 20h09 do dia 20 de junho.

“Os próximos três meses costumam ser os mais chuvosos no Agreste, Brejo e Litoral. Contudo, vale ressaltar que nas regiões Cariri, Curimataú e Sertão este fenômeno não se repete. A previsão para estas áreas é de chuvas extremamente isoladas”, destacou Marle Bandeira, lembrando que o mês de março foi o mais seco dos últimos 20 anos.

Confira no quadro a temperatura média para os meses de maio, junho e julho na Paraíba:

  Máxima Mínima
Litoral 29 ºC 23 ºC
Agreste 28 ºC 19 ºC
Brejo 28 ºC 17 ºC
Cariri 30 ºC 17 ºC
Sertão 34 ºC 22 ºC

Outras informações sobre tempo e clima estão disponíveis no site da Aesa (www.aesa.pb.gov.br) e por meio dos telefones 3310-6763 e 3310-6768.