Fale Conosco

11 de março de 2014

Agevisa/PB e Polícia Rodoviária Federal retomam Operação “Sinal Branco” nesta quarta-feira



Numa parceria com a Polícia Rodoviária Federal, a Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa/PB) retoma nesta quarta-feira (12) os trabalhos relacionados à Operação “Sinal Branco”. A ação consiste na fiscalização dos serviços móveis de transporte de pacientes em urgências e emergências (ambulâncias) nas rodovias federais e estaduais que cruzam o Estado da Paraíba.

O objetivo da Operação “Sinal Branco”, conforme a gerente técnica de Inspeção em Sangue e Hemoderivados da Agevisa/PB, Rafaela Moreira, está relacionado à proteção dos pacientes quando transportados. Segundo ela, a ação teve início no mês de maio do ano passado, quando várias ambulâncias foram notificadas em face de irregularidades, tanto nos veículos quanto na documentação sanitária e de trânsito.

Na ocasião, os técnicos da Agevisa/PB e os agentes da PRF orientaram os responsáveis pelas ambulâncias a buscarem a regularização junto à Vigilância Sanitária e aos outros órgãos ligados ao tráfego de veículos automotores nas rodovias paraibanas. Informou-se também que a não regularização dos veículos implicaria na instauração de Processo Sanitário, Emissão dos Autos de Infração e posterior aplicação de punições que vão de advertência até interdição dos serviços.

Como resultado imediato da operação, houve um aumento considerável nas solicitações de licenciamento e de regularização dos serviços junto à Agevisa/PB, conforme resaltou Rafaela Moreira. “A operação ‘Sinal Branco’, além de reforçar o processo de fiscalização nas estradas, também intensifica o caráter educativo da Vigilância Sanitária no sentido do aperfeiçoamento da defesa e da promoção da saúde da população definidas na política do Governo do Estado”, acrescentou a diretora geral da Agevisa/PB, engenheira de alimentos Glaciane Mendes.