João Pessoa
Feed de Notícias

Agevisa apóia elaboração de planos municipais de vigilância sanitária

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010 - 18:45 - Fotos: 

A Agência Estadual de Vigilância Sanitária iniciou nesta terça-feira (9) uma série de oficinas que contribuem para a elaboração dos Planos de Ação 2010 das vigilâncias sanitárias dos municípios paraibanos. O objetivo é definir as prioridades do setor e facilitar a descentralização das atividades básicas de inspeção e monitoramento de produtos e serviços ligados à saúde pública. Até o final do mês, 118 municípios serão beneficiados pelo planejamento estratégico das equipes de vigilância.

De acordo com o diretor geral da Agevisa, José Alves Cândido, durante a oficina os gestores de saúde em vigilância sanitária tem a oportunidade de avaliar os avanços das ações básicas já pactuadas com a Agência, a exemplo de fiscalizações nas áreas de alimentos e serviços de saúde.

“O Plano de Ação é um instrumento de importância fundamental às atividades de vigilância sanitária. A Agevisa, como coordenadora do sistema estadual, dá mais uma contribuição para o fortalecimento das gestões locais”, disse José Alves. Ele informou que recentemente 126 municípios pactuaram ações básicas com inspeção em consultórios médicos e setores ligados ao comércio de alimentos, a exemplo de feiras livres, bares, restaurantes e padarias.

Planos locais – As ações programadas pelos municípios são monitoradas pela Agevisa, conforme explicou o gerente técnico de Integração e Articulação da Agência, Alberto José dos Santos. “Até o ano passado, o acompanhamento era feito semestralmente com base em relatório das gestões municipais e a partir deste ano as atividades descentralizadas terão monitoramento mensal”, afirmou.

Para a elaboração do Plano de Ação as equipes de vigilância sanitária dos municípios deverão adotar critérios que estão de acordo com a realidade regional e a capacidade de gestão de cada local, em que estejam descritas as ações que o município pretende realizar no período de um ano, com metas e resultados esperados, recursos financeiros e equipes especializadas, assim como parcerias necessárias destinadas às ações conjuntas.

Os municípios terão um prazo de até 30 de março para apresentar o Plano de Ação à Vigilância Sanitária Estadual, que em seguida será apreciado pela diretoria colegiada da Agência. Ainda no mês de março serão promovidas mais oficinas que contemplem todas as regionais de saúde.

Da Assessoria de Imprensa da Agevisa