Fale Conosco

8 de setembro de 2009

Agentes repassam orientações aos motoristas, com o objetivo de melhorar as condições de tráfego



Garantir a segurança no trânsito, verificar as condições de circulação dos veículos e a documentação e repassar aos motoristas informações que melhorem as condições de tráfego nas ruas da cidade e tornem o trânsito mais humano. Esses são alguns dos objetivos da série de blitzen promovida pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), através da Divisão de Policiamento (DPT). O chefe desse setor, Lúcio Ricardo Galvão Martinez, informou que o trabalho segue a orientação do diretor de Engenharia, Cristóvão Amaro, cumprindo determinação do coronel Américo Uchoa, diretor superintendente do órgão.
 
Ele explicou que a fiscalização, através da realização de ‘comandos’ – rondas itinerantes – faz parte do cotidiano do Detran, observando que eles apenas intensificam o trabalho em determinados períodos. Como exemplo, citou os finais de semana (sábados, domingos e feriados), quando além da fiscalização da praxe é observado se os motoristas apresentam sintomas que levem a suspeita de embriaguez.

O chefe da Divisão de Policiamento de Trânsito disse que as blitzen são bem recebidas pelo público e têm um efeito muito positivo, “mas também flagram motoristas em situação irregular”. Lúcio Ricardo contou que o balanço do mês passado (agosto) registrou um total de 230 motoristas notificados por infrações variadas, que vão desde atraso no emplacamento a direção perigosa.

“Durante feriadão da Independência, estivemos nas ruas da cidade com uma equipe de 25 agentes. Nós fizemos um comando itinerante e paramos em vários pontos da cidade. Foram dezenas de carros fiscalizados e lavradas 42 notificações; 17 veículos apreendidos – 16 deles com o emplacamento vencido. Também ocorreram casos de embriaguez, dirigir sem ou com habilitação vencida”, comentou.

Jonas Batista, da Assessoria de Imprensa do Detran, com fotos de Walter Rafael, da Secom-PB