Fale Conosco

14 de novembro de 2013

Agente penitenciário participa de Curso de Operações Táticas Especiais da Polícia Civil



Um dos agentes penitenciários do Grupo de Operações Especiais (GPOE) está participando, desde o dia (31) de outubro, do III Curso de Operações Táticas Especiais da Polícia Civil (COTE). O Curso é voltado para o treinamento de policiais civis. No entanto, a versão atualizada do programa também foi estendida para segmentos policiais de outras áreas de Segurança Pública. Das 40 vagas oferecidas, quatro foram reservadas para a Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Agentes Penitenciários e Polícia Federal.

O curso está sendo ministrado nas novas instalações da Academia de Ensino da Polícia Civil (Acadepol). O novo prédio está localizado às margens da Rodovia Abelardo Jurema (PB 008), em João Pessoa. O programa de ensino e aprendizagem consiste em 480 horas, no regime de semi-internato. Na grade curricular são oferecidas 25 disciplinas, entre elas: Gerenciamento de Crise, Direitos Humanos e Operação em áreas de Mata e Caatinga.

O secretário de Estado da Administração Penitenciária, Wallber Virgolino, disse que é uma honra ter um representante da Seap participando de uma capacitação desse tipo. “Para nós que fazemos parte do Sistema Penitenciário Paraibano, é um orgulho ter um agente se qualificando num curso de grande respaldo na área de Segurança Pública”, enfatizou, destacando também a importância da parceria entre as forças policiais da Paraíba. “É preciso destacar a integração entre os profissionais de segurança do Estado, temos que nos unir para combater o crime de forma efetiva e competente”, frisou.

Para o diretor da Acadepol, delegado Bergson Vasconcelos, todas as disciplinas são norteadas com as diretrizes dos direitos humanos, mesmo ela estando presente na grade curricular. “A ideia deste curso de operações táticas é formar policiais aptos para o Grupo de Operações Especiais. Este é o primeiro curso desenvolvido pela nova Acadepol e é o pontapé para o novo momento que estamos vivendo”, disse.

O III COTE iniciou no dia 31 de outubro, com a realização da aula inaugural e o treinamento deverá ser concluído ainda este ano, no final do mês de dezembro. Para a coordenadora pedagógica da Acadepol, Anny Karoline Carneiro, a realização do curso é uma oportunidade única para a capacitação. “Depois de um tempo sem ser realizado, a retomada do curso de operações táticas especiais é visto como uma possibilidade para capacitar servidores e oferecer um treinamento de primeira qualidade”, afirmou.