João Pessoa
Feed de Notícias

Aesa prevê tempo nublado com possibilidade de chuva no Litoral

quinta-feira, 27 de junho de 2013 - 18:31 - Fotos:  Roberto Guedes / Secom-PB

 A Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) prevê tempo nublado com chuva esparsa no Litoral e nublado a parcialmente nublado no Agreste e Brejo nas próximas 24 horas. Nas demais regiões a previsão é de chuvas isoladas.

Nessas áreas, o período chuvoso iniciado em abril vai até o final de julho e as chuvas estão ocorrendo dentro da média, com registro de índices acima da média em algumas áreas, de acordo com informações da meteorologista da Aesa, Marle Bandeira.

Nas últimas 24 horas, a Aesa registrou chuvas em sete estações pluviométricas, com maior precipitação na estação Gramame/Mamuaba, onde choveu 4,2 mm. O volume de chuva acumulada nesse mês de junho registra as maiores precipitações em João Pessoa, 480,3 mm; Cabedelo 421,7 mm; Conde 380 mm; Santa Rita 329,4 mm e Mataraca com 307,3 mm. Em Campina Grande choveu até este 27 de junho 136,9 mm. Em Esperança 125,4 mm e em Lagoa Seca 93,3 mm.

A meteorologista informou que no Sertão e Cariri o inverno terminou em maio, embora ainda ocorram algumas chuvas isoladas.

Sala de Situação – A Aesa mantém em funcionamento em Campina Grande uma Sala de Situação. Sua missão é elaborar a previsão do tempo, das chuvas, divulgar os índices pluviométricos e o volume d’água nos 122 mananciais monitorados pela Agência.

As equipes se constituem de especialistas das áreas de hidrologia, de meteorologia e em breve da Defesa Civil. Instalada no campus da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), em Campina Grande, a Sala de Situação foi inaugurada em agosto de 2012. É resultado de uma parceria entre o Governo do Estado, a Agência Nacional de Águas (ANA) e a Agência Brasileira da Inovação (Finep).

Diariamente, os meteorologistas elaboram duas previsões climáticas com intervalo de 12 horas. A Aesa monitora 269 postos pluviométricos e 17 estações automáticas instaladas no mesmo número de municípios. Os postos são observados por técnicos da Emater ou da Cagepa, que coletam os dados no pluviômetro e repassam para a Sala de Situação. Já as estações meteorológicas fornecem a velocidade dos ventos, temperatura máxima, temperatura mínima e umidade relativa do ar.