Fale Conosco

4 de março de 2013

Aesa prevê chuva de maior intensidade no Sertão paraibano



Estudos realizados pelos meteorologistas do Governo do Estado indicam que o Sertão paraibano pode ter chuvas de intensidade significativa, na próxima semana. A previsão feita pelos técnicos da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba também abrange as áreas do Cariri, Curimataú e Alto Sertão.

“Os modelos meteorológicos indicam que nossa previsão de chuvas para o mês de março nestas regiões deve se confirmar. A expectativa é de que a Zona de Convergência Intertropical mantenha os índices pluviométricos dentro da normalidade na Paraíba e, a partir da próxima semana, o Sertão tenha melhores índices pluviométricos”, informou a meteorologista Marle Bandeira, explicando que o encontro dos ventos e a nebulosidade próxima da Linha do Equador é um dos fenômenos meteorológicos com maior influência sobre o Semiárido paraibano.

Nas últimas 24 horas, as estações meteorológicas da Aesa registraram os maiores índices pluviométricos no Litoral, Brejo e parte do Agreste.  Na cidade de Alhandra, foram contabilizados 24,4 milímetros de chuva. Em Sapé os sensores monitoraram 16,8 milímetros e 12 milímetros em João Pessoa.

“Mesmo não estando no período mais chuvoso para o Litoral, estes números estão dentro do esperado. Na Capital, por exemplo, a média histórica para o mês de março é de 200 milímetros”, concluiu Bandeira.

Açudes - 69 reservatórios monitorados pela Aesa estão com capacidade armazenada superior a 20% do seu volume total. Outros 36 açudes possuem menos de 20% e 17 estão em situação crítica, com menos de 5%. A relação completa está disponível na internet, no site www.aesa.pb.gov.br.