Fale Conosco

3 de outubro de 2017

Aesa participa de audiência pública sobre eixo leste da transposição, na Câmara dos Deputados



A Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) participará de uma audiência pública ordinária na tarde desta terça-feira (3), na Câmara dos Deputados, em Brasília. Durante o encontro serão discutidas ações para combater a captação irregular de água no eixo leste do projeto de integração do rio São Francisco.

Um dos objetivos da discussão é garantir o abastecimento de Campina Grande e outras 18 cidades. Para chegar ao açude Epitácio Pessoa, que provê estes municípios, as águas do Velho Chico percorrem aproximadamente 145 quilômetros entre a cidade de Monteiro, no Cariri e o reservatório, localizado no município de Boqueirão, no agreste paraibano.

“O trabalho de fiscalização não é fácil, principalmente pela extensão de área a ser coberta. Mas atuamos em parceria com Agência Nacional das Águas (ANA) e também temos o apoio de órgãos como Sudema, Cagepa e Polícia Militar. Além disso estamos utilizando dois drones para garantir que a água do rio Paraíba seja utilizada apenas para consumo humano e animal. No caso da agricultura irrigada só é permitida a de subsistência, com plantios de no máximo meio hectare”, explicou o presidente da Aesa, João Fernandes da Silva.

Além do presidente da Aesa, foram convidados para o evento, Francisco Sagres Macedo Vieira, procurador do Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) e membro do Comitê de Gestão de Recursos Hídricos do MPPB; Antônio Luitgards Moura, diretor do Departamento de Projetos Estratégicos da Secretaria de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional; Rodrigo Flecha Ferreira, superintendente de regulação da Agência Nacional de Águas (ANA);  Antônio Avelino Rocha de Neiva, presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf); Krísteny Leite Chaves, representante do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba.

Seminário – A Aesa também participará do 3º Workshop Internacional sobre Água no Semiárido Brasileiro (WIASB), que ocorrerá nesta quarta-feira (4), às 9h, no Centro de Convenções Raymundo Asfora, na cidade de Campina Grande.

O evento discutirá a problemática da seca, seus efeitos danosos às populações e possíveis soluções. A programação contará com conferência, palestras, mesas-redondas, apresentações de trabalhos científicos e lançamentos de livros.