João Pessoa
Feed de Notícias

AESA garante que precipitação de granizo é fenômeno raro na Paraíba

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009 - 18:14 - Fotos: 
A ocorrência de precipitação de granizo (gelo) no Cariri paraibano, na tarde dessa terça-feira (22), por volta das 16h, foi caracterizada pelos meteorologistas da Agência Executiva de Gestão de Águas do Estado da Paraíba (AESA) como um fenômeno raro, isolado e de rápida duração, que não deve trazer preocupações aos produtores paraibanos, pois dificilmente voltará a ocorrer ainda neste período.

De acordo com a meteorologista Carmem Becker, o caso ocorreu devido à instabilidade atmosférica registrada no município de São Domingos do Cariri. “O encontro de uma massa de ar úmida e mais fria que o ambiente com o ar quente da região do Cariri, decorrente das poucas chuvas observadas durante os últimos meses, favoreceu a formação de tipo nuvens cumulonimbus, as quais geraram a ocorrência da chuva de partículas pequenas de gelo na região”, justificou.

A especialista explicou ainda que no interior dessas nuvens, as correntes de ar elevam o vapor de água condensado às maiores altitudes, passando acima da linha isotérmica, que é de 0ºC. Desta forma, essas gotículas de água se congelam até terem o peso suficiente para cair. “Dependendo das condições, as pedras de gelo podem ser tão pequenas que chegam a cair sobre solo já na forma líquida”, concluiu.

Frequência – Segundo a Agência Executiva de Gestão de Águas do Estado, apesar da ocorrência de granizo não ser comum no Estado da Paraíba, tem se observando nos últimos anos o registro de eventos isolados, seguidos de ventanias rápidas, principalmente em áreas do Cariri/Curimataú, a exemplo dos municípios de Santo André e Parari.

Eliane França, da Assessoria de Comunicação da AESA