João Pessoa
Feed de Notícias

Ranking da chuva: João Pessoa teve maior índice pluviométrico de julho

quinta-feira, 2 de agosto de 2012 - 11:15 - Fotos:  Evandro Pereira/A União

A Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa) divulgou o ranking das chuvas na Paraíba, durante o mês de julho. João Pessoa foi a cidade com maior índice pluviométrico, com 290,5 milímetros, um aumento de 22,8% em relação a média dos últimos 30 anos.

Cabedelo (254,6 mm), Santa Rita (239,7 mm), Alhandra (218,5 mm) e Pedras de Fogo (207,8 mm) completam a lista dos cinco municípios onde foram registradas as maiores quantidades de chuva no mês passado. “Normalmente, entre abril e julho, temos o período mais chuvoso do Litoral, Agreste e Brejo. E é exatamente nessas regiões onde se encontram as cidades com maiores índices pluviométricos”, explica a meteorologista da Aesa, Carmem Becker.

De acordo com a tabela divulgada pelo setor de Monitoramento e Hidrometria da Aesa, Cruz do Espírito Santo e Sapé tiveram um aumento de 39,2% e 56,5% em relação a média dos últimos 30 anos durante o mês de julho. As cidades aparecem na sexta e sétima colocação no ranking das chuvas, respectivamente com 207,5 mm e 207 mm.

Expectativa – Segundo a meteorologista da Aesa, a tendência é de que, a partir de agora, haja uma significativa diminuição nas chuvas em todo Estado. “Este mês de agosto deve ser marcado pelo aumento dos ventos e redução dos índices pluviométricos no Litoral, Agreste e Brejo. Para o Cariri, Sertão e Alto Sertão, a maior probabilidade é de chuvas de baixa magnitude. Algumas cidades podem, inclusive, registrar números inferiores a 10 mm”, alerta Carmem Becker.

Temperatura - A temperatura mais baixa do ano, na Paraíba, foi registrada no dia 24 de julho no município de Cabaceiras: os termômetros marcaram 14,1ºC. Para mais informações sobre o clima na Paraíba, acesse o site www.aesa.pb.gov.br, onde boletins com análise e previsão são divulgados diariamente.

Cidade

Índice (mm)

João Pessoa

290,5

Cabedelo

254,6

Santa Rita

239,7

Alhandra

218,5

Pedras de Fogo

207,8

Cruz do Espírito Santo

207,5

Sapé

207,0

Rio Tinto

194,9

Bayeux

187,5

São Miguel de Taipu

179,8