João Pessoa
Feed de Notícias

Adolescentes participam de projeto dos 25 anos do ECA

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015 - 09:24 - Fotos: 

Adolescentes paraibanos participaram de um encontro do Projeto “25 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente: Conquistas e Desafios”, da Escola de Conselhos de Pernambuco. O evento aconteceu na manhã dessa quinta-feira (29), na Escola de Conselhos da Paraíba, em João Pessoa.

O projeto está atuando nas regiões metropolitanas de todo o Nordeste, em parceria com as Escolas de Conselhos de cada Estado, resgatando a história dos direitos de crianças e adolescente com o objetivo de fortalecer o Sistema de Garantia de Direitos da Criança e Adolescente.

Os adolescentes que participaram do encontro vão ajudar a construir a memória dos 25 anos do ECA na região Nordeste, cuja publicação será lançada em julho deste ano. Também estiveram no evento, articuladores da Rede de Proteção a crianças e adolescentes da grande João Pessoa, além de representantes do Conselho Estadual da Criança e do Adolescente (CEDCA-PB) e do Comitê Gestor da Escola de Conselhos da Paraíba.

“Pela manhã foi realizado o encontro com os adolescentes, que antes não tinham poder de decisão e agora passaram a ter. E no período da tarde foi a vez dos profissionais que acompanham o Estatuto ao longo desses 25 anos”, informou a coordenadora da Escola de Conselhos da Paraíba e presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes, Carmen Meireles.

Ela destacou ainda que o trabalho é muito importante, pois será capaz de valorizar conquistas, revisitar as trajetórias vivenciadas e dar subsídio para a reflexão constante sobre as ações realizadas em prol dos direitos de crianças e adolescentes nos estados envolvidos.

Projeto 25 anos do ECA – O projeto “25 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente: Conquistas e Desafios” do CEDCA-PE tem o financiamento da Petrobras com parceria da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Serão realizadas nove oficinas em todos os Estados do Nordeste, discutindo com jovens e operadores do Sistema de Garantia dos Direitos a importância da implementação do ECA e debatendo possíveis soluções para os desafios que a infância e a adolescência ainda enfrentam.