Fale Conosco

13 de dezembro de 2011

Adolescentes da Fundac realizam exposição artística ‘Acordo Social’



Os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa nas unidades da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (Fundac) realizam exposição artística no Casarão 34, em João Pessoa. Intitulada “Acordo Social”, a exposição reúne cerca de 300 trabalhos produzidos em 2011 pelos internos no Centro Educacional do Adolescente (CEA), Centro Educacional do Jovem (CEJ), Casa Educativa e Lar do Garoto. Pinturas em tela, mosaicos, origamis, murais e grafitagens ficarão expostos desta terça (13) até a próxima quinta-feira (15), das 8h às 18h, no Casarão 34, Avenida Visconde de Pelotas, João Pessoa.

A cerimônia de abertura da exposição ocorreu na noite dessa segunda-feira (12) e reuniu técnicos e socioeducadores da Fundac, empresários interessados em participar do processo de reintegração social dos adolescentes em conflito com a lei, e representantes do poder público, entre eles o coordenador da Coordenadoria da Infância e Juventude, Fabiano Moura de Moura, a promotora da Infância Infracional, Ivete Arruda, e o representante do Ministério Público da Paraíba, Manoel Cassimiro.

De acordo com a presidente da Fundac, Cassandra Figueiredo, a união de diversos segmentos dos poderes públicos, empresas e sociedade civil organizada é fundamental para o fortalecimento das políticas públicas direcionadas a crianças, adolescentes e jovens em conflito com a lei. “Além de oferecer educação, cultura e profissionalização ao interno, é preciso articular medidas para que esse adolescente, ao retornar para o convívio comunitário e social, não cometa mais atos infracionais. Por isso o título da nossa exposição é ‘Acordo Social’”, disse.

Cassandra lembrou ainda que a exposição faz parte de uma série de ações traçadas no projeto também intitulado Acordo Social. Este plano deverá potencializar as políticas de reinserção social de jovens e adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas de internação, semiliberdade e internação provisória, agregando parcerias locais e nacionais para desenvolver novas e melhores oportunidades para os adolescentes internos, seus familiares e todos os que vivem em situação de vulnerabilidade social.

 

Para a promotora Ivete Arruda, ações como a exposição e o Plano Acordo Social demonstram o respeito que a Fundac tem mostrado pelos adolescentes internos nas unidades de ressocialização da Paraíba e também o comprometimento dessa instituição em desenvolver as potencialidades desses jovens.