Fale Conosco

17 de junho de 2015

Adolescentes da Fundac aprovados para etapa nacional da Olimpíada Brasileira de Matemática



Trinta adolescentes que estão em cumprimento de medidas socioeducativas nas unidades da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) foram aprovados para a etapa nacional da 11ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Privadas (OBMEP). A prova foi aplicada no início do mês, nos dois turnos, nas unidades de internação na Paraíba. No ano passado, 22 adolescentes foram aprovados na etapa estadual e sete na nacional.

A presidenta da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice Almeida” (Fundac), Sandra Marrocos, comemorou a novidade e disse que sua expectativa em ver o número ampliado foi resultado do trabalho desenvolvido pelo corpo docente e pelo empenho e dedicação dos jovens com os estudos.

Ela elogiou todo o quadro de professores da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Almirante Saldanha na pessoa da professora e diretora Wilma Pereira da Costa, pela dedicação de todos. A diretora Wilma disse que a ampliação da quantidade de adolescentes aprovados nessa fase é resultado efetivado do trabalho nas unidades socioeducativas e só tem a comemorar a eficácia da educação.

Em função desse resultado, a diretora informou que a equipe de professores – em torno de 30 envolvidos no processo – vai impulsionar o estudo para a etapa nacional realizando aulões para que os aprovados na primeira fase possam tirar dúvidas. A diretora disse ainda que “tem feito um trabalho com muita maestria e com muito compromisso”.

Sandra Marrcos, que está há dois anos à frente da socioeducação na Paraíba informou que “apesar de toda a complexidade, os números de adolescentes que vêm sendo aprovados na Olimpíada Nacional de Matemática vem aumentando e envolvendo cada vez mais jovens”. Para ela, foi prazeroso perceber o envolvimento, a dedicação e o compromisso com que os adolescentes encararam as Olimpíadas. “Agora é avançar, cada vez mais, na efetivação de direitos e na política de socioeducação no Estado da Paraíba”, declarou. Dos 30 adolescentes aprovados nesta etapa estadual, 18 eram do CSE, 10 do CEJ e duas da Casa Educativa.

 

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) atingiu, neste ano de 2015, um novo recorde do número de escolas e municípios participantes. Foram inscritos na 11ª edição da Olimpíada 47.582 escolas de 5.538 cidades – em 99.48% dos municípios de todo o país houve escolas com alunos fazendo as provas da competição criada e coordenada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). Na 10º OBMEP, foram inscritas 46.712 escolas, localizadas em 5.533 municípios.