Fale Conosco

25 de setembro de 2015

Acordo garante ampliação de acervo nas bibliotecas rurais da Paraíba



O Projeto Bibliotecas Rurais, executado pelo Governo do Estado, por meio da Emater-PB, empresa integrante da Gestão Unificada Emater/Emepa/Interpa, vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), ganha reforço para incentivar o hábito da leitura na zona rural da Paraíba.

Um acordo de cooperação técnica firmado com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) vai garantir a ampliação do acervo de 16 unidades implantadas em igual número de municípios da região administrativa de João Pessoa, e mais quatro a serem instaladas até o fim deste mês, em Salgado de São Félix, Remígio, Bonito de Santa Fé e Várzea.

Serão mais 220 livros para cada biblioteca que disponibiliza acervo para o público infantil juvenil e adulto. São livros técnicos, científicos, didáticos, paradidáticos, de pesquisa e técnicos, que abordam a realidade e a produção no campo.

As primeiras comunidades rurais contempladas com as bibliotecas foram Arroz, no município de Cuité de Mamanguape; Renascer III, em Cabedelo; Bebelândia, em Santa Rita; Maraú e Anta dos Anjos, em Sapé; Capim de Cheiro, em Caaporã; Subauma, em Alhandra; Mata do Garapu e Associação dos Pescadores, no Conde; Tavares, Boa Vista, Cajarana e Jaraguá, em Rio Tinto; Curralinho e Alagoas, em Mamanguape; Aldeia Forte, na Baía da Traição.

Denominado de “Cantinho do Saber”, o Projeto Bibliotecas Rurais, criado ano passado, pela coordenadoria regional da Emater em João Pessoa, consiste em um conjunto de ações educativas de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) e tem por objetivo beneficiar a agricultura familiar, por meio do incentivo à leitura, à valorização da cultura local e à conservação do meio ambiente.

Para o presidente da Gestão Unificada, Nivaldo Magalhães, a importância do projeto se consolida na perspectiva de compreensão da assistência técnica e extensão rural como uma ação comunicadora no campo, gerando inclusão social, por meio da participação comunitária, da integração e do conhecimento. “O Projeto Bibliotecas Rurais vai melhorar a vida das famílias agricultoras paraibanas, trazendo inclusão social e cidadania”, enfatizou.

Projeto Piloto – De acordo com a coordenadora regional da Emater em João Pessoa, Keila Deininger, o projeto piloto instalado na região servirá de parâmetro para a expansão no Estado. As comunidades beneficiadas servirão de unidades experimentais e de multiplicação da experiência, a partir das quais, surgirão novas bibliotecas. “Uma parceria com as prefeituras municipais para confecção dos móveis das bibliotecas vai dar maior impulso ao projeto”, garantiu.

Após a composição dos mobiliários das bibliotecas, que estão sendo confeccionadas e implantadas pelas próprias comunidades, a partir de materiais recicláveis como caixotes de madeira, tábuas, entre outros, os extensionistas fazem a seleção das localidades beneficiárias e dos “amigos do saber”, que serão os agentes de leitura e de desenvolvimento das ações culturais.

Acervo - Para intensificar a ampliação do acervo foi criado um movimento para a doação de livros nos escritórios da Emater dos 23 municípios integrantes da região de João Pessoa e na sede central, localizada na Estrada de Cabedelo. Até agora já foram arrecadados centenas de exemplares de livros infantis, didáticos, paradidáticos, técnicos da área agrícola, de leitura diversificada, além de revistas e material informativo. Entre os doadores estão a Secretaria de Educação do Estado, a Embrapa, o INSS e o Ministério do Desenvolvimento Agrário, por meio do Programa de Bibliotecas Rurais Arca da Letras.

Com coordenação do Núcleo de Extensão Social da Emater (Nueso), que tem à frente a extensionista Zilda Abrantes, o Projeto Bibliotecas Rurais tem parceria das secretarias estaduais de Educação e de Cultura, das Secretarias Municipais de Educação e Ação Social, de associações de comunidades rurais, das Escolas de Educação no Campo e dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) e MDA.