João Pessoa
Feed de Notícias

Ações integradas de Segurança registram redução de 22% em homicídios durante período carnavalesco

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 - 18:20 - Fotos: 

As ações integradas das polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros em toda a Paraíba conseguiram reduzir em 22% o número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – homicídios dolosos e outros crimes dolosos que resultem em morte – registrados durante o período de Carnaval no comparativo entre os anos de 2013 e 2012.

De acordo com o Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds), no ano passado, da sexta-feira que antecedeu os festejos carnavalescos até o meio-dia da quarta-feira de cinzas, foram contabilizados 32 assassinatos, enquanto que este ano, no mesmo período, aconteceram 25 crimes desse tipo.

Na região metropolitana de João Pessoa, que compreende, além da Capital, os municípios de Bayeux, Cabedelo e Santa Rita, o Nace contou seis homicídios, 11 a menos que no ano passado, o que caracteriza uma redução de 60% no registro desses crimes no mesmo período.

O secretário executivo da Seds, Jean Nunes, atribui a redução de crimes contra a vida no Carnaval à integração entre os órgãos operativos de segurança e ao plano operacional estabelecido pela pasta para o evento. “As polícias estiveram nas ruas, com efetivo reforçado em locais de festa, os bombeiros militares realizaram fiscalização e trabalho preventivo, entre outras atividades, agimos conjuntamente com as prefeituras, além de que tivemos o apoio do Ministério Público e do Judiciário”, destacou o secretário, lembrando muitas blitzen de Lei Seca foram realizadas em todo o Estado pelos batalhões de trânsito em parceria com o Departamento de Trânsito (Detran) da Paraíba.

Ações das polícias – De acordo com levantamento feito pela Delegacia Geral de Polícia Civil, durante o Carnaval foram instaurados 102 inquéritos, 30 Termos Circunstanciados de Ocorrência, 31 Procedimentos Especiais de Adolescente, resultados de 110 prisões e 25 apreensões de menores de 18 anos, com apreensão de 11 armas de fogo e de mais de 10 kg de substância entorpecente.

Plano Operacional – Mais de 8 mil policiais civis, militares e bombeiros militares estiveram escalados para trabalhar no Carnaval 2013 em todo o Estado. O plano operacional que abrangeu as prévias carnavalescas e o Carnaval foi desenvolvido pela Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds) com o objetivo de prevenir principalmente os crimes contra a vida e contra o patrimônio.