João Pessoa
Feed de Notícias

Ações integradas das polícias garantem segurança no litoral de João Pessoa e Cabedelo

segunda-feira, 16 de maio de 2011 - 12:11 - Fotos: 

Cães são treinados para identificar drogas Foto: Edvaldo Malaquias

 

As Polícias Civil e Militar estão atuando de maneira integrada para levar segurança e tranquilidade às comunidades do litoral em João Pessoa e Cabedelo, área coberta pela 4ª Companhia de Polícia Militar e pela 7ª Delegacia Distrital.

De janeiro a abril deste ano, como resultado das ações desenvolvidas por militares e civis foram contabilizados 35 prisões em flagrante, 21 apreensões de adolescentes e 34 Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCOs) só na região de Cabedelo.

Major Marcos de Barros Silva, comandante da 4ª Companhia Foto: Edvaldo Malaquias

De acordo com o major Marcos de Barros Silva, comandante da 4ª Companhia, além de rondas realizadas com viaturas, o policiamento em 25 km de orla conta com homens a pé, ciclopatrulhas, cães, radiopatrulhamento, módulos fixos com policiais 24h, além do reforço da Rondas Ostensivas Táticas com Apoio de Motos (Rotam), Cavalaria, Choque do 1º BPM e da Companhia Especializada em Atendimento ao Turista (Ceatur).

Delegado Erilberto Antonio Maciel Silva, titular da 7ª Delegacia Foto: Edvaldo Malaquias

“Trabalhamos dessa forma não apenas no município de Cabedelo, com quase 60 mil habitantes, mas também em uma extensa área do litoral pessoense, atingindo os bairros do Bessa, Manaíra, São José, Cabo Branco, Tambaú, Miramar, Tambauzinho, João Agripino, Jardim Luna e parte do Altiplano”, ressalta o comandante.

O major Barros disse que as operações para prisão de criminosos são realizadas em parceria com a Polícia Civil, segundo ele, facilitando e fortalecendo o trabalho de prisão de criminosos. “As nossas ações são sempre compartilhadas com os colegas da Civil e acreditamos que isso é um fortalecimento para nós”, disse o militar.

O delegado Erilberto Antonio Maciel Silva, titular da 7ª Delegacia, em Cabedelo, lembra que, além das operações policiais conjuntas, outro fator que tem contribuído para elucidação de crimes no município é a troca de informações. “Sem dúvida, sempre que ocorre algum crime, por exemplo, entramos em contato com a 4ª Companhia e recebemos todo apoio necessário”, frisa.

4ª Companhia de Polícia Militar Foto: Edvaldo Malaquias

Atendimento especializado – Inaugurada formalmente em março deste ano, a sede da Ceatur fica no bairro de Tambaú, em João Pessoa, e de janeiro a maio de 2011 já realizou 42 prisões, sendo 15 em flagrante, 12 apreensões de adolescentes e nove demais ações que resultaram em Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCOs).

O comandante da companhia, capitão Onierbeth Elias de Oliveira, informou que o atendimento é realizado por 82 policiais, sendo 75 homens e sete mulheres. “Fazemos o policiamento no Aeroporto, Litoral Sul, Centro Histórico e praias urbanas de João Pessoa, além do Jacaré, em Cabedelo”, disse o comandante, também ressaltando a parceria com a Polícia Civil em ações de combate à criminalidade.

Trabalho com cães – Um dos diferenciais da 4ª Companhia de Polícia Militar é a existência de um canil, no qual atualmente estão sendo treinados 21 cães de várias raças, entre elas pastor alemão, labrador e pitbull.

Trabalho com cães: unidade é comandada pelo capitão Carlos Magno Fonseca de Sousa Foto: Edvaldo Malaquias

A unidade é comandada pelo capitão Carlos Magno Fonseca de Sousa. A maioria dos cães é treinada para identificar drogas, mas três deles estão sendo especialmente preparados para identificar armas, munições e celulares. “A novidade é que, em breve, os cães poderão ser utilizados nas ruas, presídios e  para encontrar fugitivos”, disse o comandante.

O capitão ainda destacou que o cão Robinho, da raça Border Collie, com dois anos de idade, “passou por treinamento de faro passivo e já auxilia as polícias no trabalho de localização de drogas, já tendo atuado em duas operações envolvendo a Polícia Federal”.