João Pessoa
Feed de Notícias

Ações desenvolvidas na Assistência Social do Estado são lembradas em sessão na AL

terça-feira, 15 de maio de 2012 - 18:15 - Fotos: 

A secretária de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), Cida Ramos, participou nesta terça-feira (15), na Assembleia Legislativa, de uma Sessão Especial para homenagear o Dia do Assistente Social, representando o Governo do Estado. O auditório José Mariz ficou lotado com a presença de profissionais da área e estudantes.

A sessão proposta pelo deputado Edmilson Soares (PSB) foi presidida pelo deputado Arnaldo Monteiro (PSC). A secretária Cida Ramos lembrou das lutas da categoria como a jornada de 30 horas semanais e citou algumas ações sociais executadas na gestão.

Programas sociais – “Neste dia da assistência social temos muito o que comemorar. Na Secretaria a qual estou a frente estamos com muitas ações realizadas pela equipe com programas sociais que beneficiam a população. Entre eles, estão os 20 Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas), que atendem juntos a 153 municípios paraibanos a toda  vítima de direito violado”, destacou.

Ela também citou que em cada Creas o usuário conta com uma equipe multiprofissional formada por assistente social, psicólogo, advogado e educador social.  “Os Creas passaram por uma organização no quadro de servidores e um reordenamento. Cada centro também recebeu, este ano, uma viatura para poder realizar visitas às vítimas que não podem se locomover”, lembrou.

O lazer e a qualificação para as pessoas também estão no dia-a-dia da Secretaria por meio dos 16 Centros Sociais Urbanos (CSU’s) que existem nos municípios de João Pessoa (4), Campina Grande (2), Santa Rita, Sapé, Guarabira, Itabaiana, Areia, Esperança, Sousa, Cajazeiras, Patos e Catolé do Rocha.

Atenção especial – Outro público que merece atenção da equipe de assistentes sociais da Sedh é o de idosos. Os grupos da terceira idade que existem nos 16 CSU’s, no Centro de Atividades e Lazer do Aposentado e Pensionista Padre Juarez Benício (Cejube) e no Centro de Convivência do Idoso (Castelo Branco) estão tendo acompanhamento de assistente social, psicólogo, educador físico e fisioterapeuta.

A atividade de fiscalizar os idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência (Ilpis) vem sendo realizada em parceria com o Ministério Público. Alguns locais visitados pela equipe chegaram a ser fechados devido à péssima condição de vida oferecida e os idosos foram levados ao convívio de familiares.

O Núcleo de Atendimento Especializado (NAE), localizado em Jaguaribe, acolhe cerca de 70 pessoas em tratamento do câncer. A instituição está passando por uma reforma para melhor atender a população que vem do interior em busca de tratamento.

Segurança Alimentar – Na área de Segurança Alimentar, há o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que beneficia o pequeno agricultor, adquirindo toda a produção do homem do campo e distribuindo o material com instituições públicas que realizam ações sociais. O PAA está sendo ampliado, saindo de 14 municípios atingidos para chegar a marca de 155 cidades assistidas pelo programa.

Os restaurantes populares representam economia e alimentação balanceada para os usuários, fornecendo diariamente 2,5 mil refeições. Na Paraíba, o Governo do Estado, por meio da Sedh, mantém em funcionamento os restaurantes de Santa Rita, Campina Grande e Patos. O restaurante de Mangabeira está em construção e deverá ser concluído ainda este ano.

Já o programa Comunidade Tradicional está sendo implantado e beneficiará as comunidades indígenas, negras e quilombolas totalizando mais de 300 famílias envolvidas. O programa visa estimular a horticultura orgânica, avicultura alternativa, psicultura e produção de doces, polpas de frutas e bolos.

Cidadania – Até o mês de abril, as Casas da Cidadania realizaram mais de 600 mil atendimentos, entre expedição de documentos, atendimento na área da Cagepa, Detran, telefonia, judiciário, entre outros. Em abril, o Governo do Estado inaugurou a Casa de Mangabeira, que registra um fluxo diário de mil pessoas.

Já o Programa Cidadão atende de forma itinerante e fixa à população da Paraíba. Nos três primeiros meses deste ano, foram realizadas mais de sete mil emissões de documentos.

Sine – Na área de qualificação de profissionais em busca de ocupação, o Sistema Nacional de Emprego (Sine) vem oferecendo cursos de capacitação. Este ano, será implantado o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Bolsa-Formação Trabalhador, no âmbito do Plano Brasil sem Miséria. O objetivo é atender cerca de cinco mil pessoas do Cadastro Único.