João Pessoa
Feed de Notícias

Ações da assistência social da Paraíba são destaque em evento na UFPB

terça-feira, 17 de maio de 2016 - 11:00 - Fotos:  Cláudia Belmont

A Secretária de Estado do Desenvolvimento Humana (Sedh) e presidente da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente Alice Almeida (Fundac), Cida Ramos, participou na noite dessa segunda-feira (16), na Universidade Federal da Paraíba, das comemorações alusivas ao Dia do Assistente Social, promovidas pelo Departamento, Coordenação e Pós-Graduação de Serviço Social da UFPB.

Cida Ramos, que também é professora doutora da UFPB, e o professor Aloimar José ministraram palestra sobre o “Estado Democrático de Direito e o Papel Ético-Político do Assistente Social na Defesa e Efetivação de Direitos Sociais”.

“Esse é um debate importante porque o Serviço Social na década de 80 passou por um processo de renovação, abandonando o conservadorismo. E hoje estamos diante de uma conjuntura de retrocesso em termo das políticas sociais, especialmente a Política de Assistência e da Saúde. Então, diante desta realidade, é preciso que o Serviço Social faça uma análise dessas políticas para reafirmar direitos sociais”, alertou Cida Ramos.

Assistência na Paraíba – Nesta data em que se comemora o dia do profissional da assistência social, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano, comemora algumas conquistas na área.

Para os idosos, alguns projetos ganharam repercussão nacional, como o Cidade Madura, composto por moradias totalmente adaptadas para atender as necessidades das pessoas com 60 anos ou mais. Já o Acolher assiste a pessoa idosa que vive institucionalizada e não tem família.

Para criança e adolescente foram concluídos, em conjunto com a Rede de Proteção à Criança e Adolescente e UFPB, os planos estaduais de enfrentamento à violência sexual, de convivência familiar e comunitária, de enfrentamento ao trabalho infantil e o de atendimento socioeducativo. Está em construção o Plano Decenal de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes e serão implantadas 16 casas-lares para acolher crianças e adolescentes na Paraíba.

Também foi realizado o reordenamento nos Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas Polos Regionais), que atendem hoje a mais de 150 municípios paraibanos, além da implantação do Disque Estadual 123, para denúncias de todo tipo de direito violado.

Ainda como forma de ter um atendimento mais especializado, foi implantado na Paraíba, em parceria com o Governo Federal, para os casos de ameaça de morte, o Programa de Proteção à Criança e Adolescente Ameaçado de Morte (PPCAAM), que garante proteção integral da vítima e da família.