João Pessoa
Feed de Notícias

Ação educativa de combate ao Aedes aegypti complementa atividades do Dia D no Hemocentro da Paraíba

quarta-feira, 15 de junho de 2016 - 12:30 - Fotos:  Secom-PB

O Hemocentro da Paraíba realizou na manhã desta quarta-feira (15) mais uma ação educativa alusiva ao mosquito Aedes aegypti, junto aos doadores, pacientes e visitantes. Os funcionários entregaram panfletos e explicaram a importância da participação de todos para identificar e prevenir possíveis focos do mosquito.

A ação faz parte do cronograma estabelecido pela instituição para o dia da faxina, sendo expandido para a conscientização. “Em um primeiro momento trabalhamos a formação com nossos colaboradores, para que eles se tornassem agentes preparados para identificar possíveis criadouros, dentro e fora da instituição”, explica a coordenadora da higienização, Elaine Camila Guedes.

A equipe de higienização e manutenção esteve em todos os setores internos do Hemocentro e suas dependências, onde recolheram copos descartáveis e outros objetos que acumulam água e se transformam em locais adequados para criadouros do mosquito.

Para a diretora geral do Hemocentro, Sandra Sobreira, a ação de conscientização é a maneira mais eficiente para encarar o problema do mosquito. “Nós tentamos incluir todos no processo preventivo e já conseguimos ver melhoras na participação e motivação, tanto de funcionários, quanto de pacientes”, explicou.

A diretora ainda lembrou que a ação de vistoria é mais uma forma de manter todos em alerta, além de ser um momento para observar o que vem sendo realizado. “O cuidado constante possibilita a garantia e segurança do serviço, e ao englobar nossos colaboradores, doadores e pacientes, fazemos com o que o trabalho de mobilização não fique restrito apenas ao ambiente de trabalho”, finalizou.

O Hemocentro tem investido em ações educativas, com doadores e funcionários, para complementarem as ações preventivas da faxina.  No início do mês foi realizada uma oficina sobre gerenciamento de resíduos, com o objetivo de formar agentes multiplicadores juntos aos funcionários e poder abordar, junto ao tema, os cuidados com o descarte correto e com o mosquito Aedes aegypti.