João Pessoa
Feed de Notícias

Ação conjunta das Polícias desarticula quadrilha

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011 - 18:06 - Fotos: 
O secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, apresentou na tarde desta terça-feira (1º), na Central de Polícia de Campina Grande, a quadrilha acusada de realizar assaltos a bancos com o uso de explosivos em vários estados do Nordeste. O grupo era formado por oito homens e três mulheres. A operação foi batizada de Borborema e ocorreu durante a madrugada no município de Alcantil, a partir de uma ação conjunta entre as Polícias Civil e Militar da Paraíba, além da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal.

Em poder dos acusados, que na sua maioria morava em Campina Grande, foram apreendidos um revólver, duas bananas de dinamite, uma escopeta calibre 12, balas, cartuchos, balas deflagradas, um pé de cabra, quatro chaves de fenda, nove telefones celulares, uma máquina fotográfica, documentos pessoais, de carros e jet sky. A Polícia também apreendeu quatros veículos e cerca de R$ 40 mil em perfumes, fruto de um assalto .

“A Operação Borborema foi conjunta com as Polícias Civil, Federal e Rodoviária Federal e apoio da Polícia Militar. Também foi integrada com as polícias de Alagoas e Pernambuco que também efetuaram prisões de quadrilhas que assaltavam bancos”, enfatizou Cláudio Lima.

O delegado regional Vagner Dorta revelou que os acusados tinham assaltado uma loja de perfumes no município de Cupira, em Pernambuco, e o próximo alvo seria um banco em Alcantil. “Fizemos uma barreira e surpreendemos os bandidos”, explicou Dorta, alegando que o bando pode ter assaltado recentemente uma agência bancária em Queimadas.

Durante a perseguição, os acusados atiraram nos policiais, que reagiram. Na troca de tiros, um suspeito acabou baleado, morrendo logo em seguida. Ele tinha passagem pela Polícia. Os dez suspeitos, cujos nomes não foram revelados para não atrapalhar as investigações, serão levados para a Penitenciária do Serrotão.

 
Além de Cláudio Lima e Wagner Dorta, estiveram na apresentação o delegado da Polícia Federal, Adriano Oliveira; o inspetor da PRF, Fernandes Neto; o coronel da PM, Carlos Guimarães; o delegado geral da PC, Severiano Pedro; e os delegados da Roubos e Furtos.