João Pessoa
Feed de Notícias

Acadepol realiza curso de ‘Análise Criminal’ e reúne policiais de 15 estados do Brasil

terça-feira, 11 de março de 2014 - 16:15 - Fotos: 

A Academia de Polícia Civil (Acadepol) promove até o dia 28 de março a 1ª edição do curso de Análise Criminal. Ao todo são 120 horas de atividades ministradas a 60 policiais, entre civis e militares de 14 estados do Brasil, além da Paraíba, como Bahia, Goiás, Amapá, Pará, Piauí, São Paulo e Rio de Janeiro, e ainda um representante do Ministério Público paraibano.

A aula inaugural contou com a participação do secretário executivo da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes, que também é coordenador do curso. O objetivo é trazer o caráter científico à atividade policial, fomentando a integração, com equipes multidisciplinares, por meio do desenvolvimento e utilização de instrumentos e produtos da Análise Criminal alinhados as melhores práticas.

Para Jean Nunes, o curso é essencial para enriquecer o trabalho da polícia. “As aulas são bastante rigorosas e exigem dedicação e integração nas atividades, que vai gerar conhecimento técnico e engrandecer as ações da polícia”, afirmou.

Já o promotor da Paraíba, Manoel Cassimiro Neto, que também está no curso de Análise Criminal, a presença do Ministério Público na atividade demonstra o bom relacionamento com a Segurança da Segurança e Defesa Social. “Já realizamos vários trabalhos de forma integrada e o MP é parceiro da Segurança, com uma relação estreita, já que as nossas ações estão ligadas a um trabalho qualificado da Polícia”, frisou.

Apenas em 2013, a Acadepol realizou 15 cursos, com 1.090 vagas. Este ano estão previstos 26 cursos de capacitação e ainda dois de pós-graduação. Cada uma das especializações conta com 40 vagas que somadas as 490 de capacitação somam 530 vagas.

É importante destacar que estes cursos proporcionam formação rigorosa de gestores e especialistas em Segurança Pública, que trabalharão com mais eficiência nos próximos anos. Um dos exemplos é o curso de Análise Criminal e também o curso de Crimes Cibernéticos, treinamentos essenciais nos dias de hoje”, lembrou o delegado Severiano Pedro, diretor da Academia.