Fale Conosco

22 de abril de 2016

Acadepol promove curso de identificação e encaminhamento de dependentes químicos 



A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Academia de Polícia Civil (Acadepol), realiza a partir desta segunda-feira (25) o curso de capacitação de “Identificação e Encaminhamento de Dependentes Químicos”, numa parceria entre a Secretaria Estadual de Segurança e Defesa Social e o Serviço Nacional de Segurança Pública – Senasp, órgão ligado ao Ministério da Justiça.

Segundo a diretora de Ensino da Acadepol, Anny Karoline Carneiro Maciel, o público alvo é formado por policiais civis e militares e Núcleos de Saúde destas instituições, além de servidores da Secretaria de Educação, visando à prevenção e tratamento de dependentes químicos. “É uma grande oportunidade para esses profissionais se reciclarem e mais uma ação da Secretaria de Segurança do Estado no tocante ao enfrentamento à violência. A prevenção é um dos pilares desse enfrentamento e estamos contando com a união de profissionais da segurança, da educação e da saúde para um combate mais rápido e eficaz em relação às drogas”, destacou.

O psicólogo Paulo Roberto Costa Pessoa, com pós-graduação em saúde mental pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, será o facilitador do curso. Na segunda-feira pela manhã, ele deverá abordar o tema “Historicisando as Políticas Públicas sobre Drogas no Brasil”. No período da tarde, será exibido o vídeo “Leis Penais Especiais – Lei de Drogas, Lei 11.343/06”, seguido de roda de debate sobre aspectos importantes abordados no vídeo.

O curso prossegue na terça-feira com o tema “A prevenção do uso de drogas na sociedade: por onde começar? O papel da família e o papel da escola” no horário da manhã. Já no período da tarde será abordado o tema “As drogas no ambiente de trabalho: como tratar?”.

Nos outros dias do curso serão tratados e debatidos com o facilitador diversos temas ligados ao uso e ao combate às drogas, bem como o acompanhamento de dependentes químicos. Entres esses temas estão: “Assistência aos usuários no âmbito do SUS” e o “Uso de drogas como questão de saúde: o antes e o depois da Reforma Psiquiátrica Brasileira – RPB”.

 Também serão analisados assuntos como “O papel da UBS (Unidade Básica de Saúde), ESF (Estratégia de Saúde da Família), matriciamento e Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência), além de debate sobre o Caps (Centro de Atenção Psicossocial), e o Creas (Centro de Referência Especializada da Assistência Social) e o papel desses órgãos no atendimento a dependentes químicos.

O curso será realizado no auditório da Central de Polícia de João Pessoa e terá carga horária de 40horas/aula, entre os dias 25 e 29 de abril, das 8h às 12h e das 14h às 18h.