Fale Conosco

20 de julho de 2009

A obra está orçada em R$ 4,9 milhões provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento



O governador José Maranhão estará em Patos nesta terça-feira (21), para assinar a ordem de serviço determinando o início de obras de esgotamento sanitário naquele município. Os trabalhos estão orçados em R$ 4,9 milhões provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), tendo como órgão gestor a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa). A firma encarregada da execução é a Amafi Comercial e Construtora Ltda.

Segundo informações da Diretoria de Expansão da Cagepa, apenas 4% da população urbana do município de Patos são atendidos com rede de esgotamento sanitário. “Esse percentual, no entanto, passará para 20% ao término das obras, beneficiando uma população de aproximadamente quatro mil pessoas”, garantiu o diretor de Expansão da Cagepa, Alberto Gomes Batista. Ele afirma também que o principal benefício da obra é a melhoria da saúde pública. “A partir desse benefício virão outros, como a redução da taxa de mortalidade, prevenção de doenças de veiculação hídrica, identificadas com a falta de saneamento, e o aumento da expectativa de vida”, observou.

Ainda segundo a Diretoria de Expansão, a obra de esgotamento sanitário da cidade de Patos contará com aproximadamente 14 quilômetros de rede coletora de esgotos, possibilitando a criação de aproximadamente mil ligações domiciliares, beneficiando milhares de moradores daquele município. O prazo para a conclusão da obra é dezembro de 2010.

O diretor-presidente da Cagepa, Edísio Souto, considera a obra um importante avanço para a população do sertão paraibano. “A obra vem para atender a uma orientação do governador José Maranhão de proporcionar a melhoria da qualidade de vida para o povo sertanejo”, destacou o presidente.

Já o diretor de Operação e Manutenção da Cagepa, Rogaciano da Cunha, vai representar a diretoria da empresa na solenidade de assinatura da ordem de serviço, que acontecerá às 9h30 desta terça-feira, na entrada da cidade (BR 230).

Eber Azevedo de Freitas, da Assessoria de Imprensa da Cagepa