João Pessoa
Feed de Notícias

A ferramenta, considerada prática e funcional, armazena informações em rede e reduz burocracia

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009 - 17:26 - Fotos: 
Agilidade, segurança e comodidade. Esses são alguns dos benefícios proporcionados pelo novo sistema criado pela Companhia de Processamento de Dados da Paraíba (Codata). A novidade foi desenvolvida para melhor atender as necessidades do setor de almoxarifado das instituições públicas.

“O sistema é simples, prático e funcional. Com apenas um nome de usuário e senha, o funcionário pode fazer os pedidos ao setor de almoxarifado. Todas as informações vão ficar armazenadas na rede”, explica o analista João Raposo, que desenvolveu a ferramenta.

Agilidade
– O gerente administrativo da Codata, Ranyere Abrantes, afirma que o sistema foi criado a partir da necessidade de diminuir a burocracia no dia-a-dia dos órgãos públicos e também de tornar o atendimento do setor de almoxarifado mais eficiente. “Temos que parabenizar a iniciativa do nosso analista João Raposo. Esse trabalho mostra que temos grandes profissionais atuando na Codata”, observou.

O primeiro órgão do Governo do Estado a receber a novidade vai ser o Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB). Mas outros órgãos do Governo do Estado também serão beneficiados pela nova ferramenta. “Dentro de 15 dias, a Codata estará utilizando a novidade. Em breve, também vamos implantar o sistema no Projeto Cooperar”, informou o diretor técnico Fernando Tavares.

Modernização
– O presidente da Codata, Hipólito Lima, lembrou que a Companhia, como empresa responsável pela Tecnologia da Informação do Estado, tem como principal objetivo dotar a administração com ferramentas modernas e interativas.

“Estamos constantemente empenhados em desenvolver ferramentas que permitam um maior e melhor desempenho no atendimento ao cidadão”, acrescentou. Os funcionários da Codata já estão sendo treinados para utilizar o novo sistema. A chefe do setor de Compras e Almoxarifado da Companhia, Fátima Vieira, ficou otimista com a novidade. “Estávamos esperando por essa mudança há muito tempo. O modo como trabalhávamos era muito antigo”, destacou.

Karine Tenório, da Assessoria de Imprensa da Codata