João Pessoa
Feed de Notícias

Feira de Flores é aberta e produtores estimam aumento nas vendas

quinta-feira, 10 de maio de 2012 - 16:36 - Fotos:  José Lins/Secom-PB

foto: José Lins/Secom-PB

Os produtores que participam da quarta edição da Feira de Flores da Paraíba esperam comercializar 40% a mais do que no ano passado, quando nos três dias do evento 450 pacotes e 2400 vasos foram vendidos a preços populares. A feira foi aberta na manhã desta quinta feira (10), na área interna da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa),em João Pessoa, e contou com a presença de um grande número de consumidores.

A abertura da feira, que acontece até sábado (12), contou com uma apresentação do coral da Empasa, que cantou músicas em homenagem ao Dia das Mães. Em seguida, o presidente da empresa, José Tavares Sobrinho, deu as boas vindas aos presentes, enfatizando a importância do Governo estadual abrir esse espaço aos produtores de flores para que a população possa ter acesso aos itens de arranjos preparados especialmente para a passagem da data comemorativa a preços mais acessíveis.

Associações e cooperativas de seis municípios paraibanos (Pilões, Sapé, Areia, Boqueirão, Belém e João Pessoa) estão comercializando as flores de diversas espécies, como flores do campo, temperadas, rosas, bastão do imperador, maracás, panamás, bihai, folhagens (avenca e avencão), orquídeas, cactos, gérberas, rostratas, entre outras. Móveis rústicos e produtos de artesãos que integram o Programa do Artesanato Paraibano também estão expostos à venda.

Para o produtor de flores tropicais Zeca Araújo, a expectativa é de que as vendas superem as do ano passado. “Nós produtores combinamos em trazer quase o dobro do que trouxemos na vez anterior. Os contatos também são importantes para agendarmos comercializações futuras, pois com isso o que investimos agora será traduzido em ganhos futuros”, salientou o floriculturista.

Outra atração da feira é que os consumidores com R$ 1 terão direito a um quilo de composto orgânico produzido pela central de abastecimento e também poderão usufruir de palestras e oficinas no transcorrer dos três dias sobre como cuidar das flores e preservação do meio ambiente.

“A intenção do Governo do Estado é de criar uma área permanente para que os floriculturistas possam comercializar as plantas cultivadas nos municípios sem passar pelos conhecidos atravessadores, que tanto encarecem para os consumidores”, revelou Tavares.

A programação continua nesta sexta feira (11), a partir das 8h30, quando os visitantes poderão participar de oficinas de aproveitamento de garrafas pet, com a coordenadora de educação ambiental da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), Karina Massei; às 10h30, demonstração de arte floral; às 14h30, confecção de laços. No sábado, durante os dois períodos, haverá demonstração de arte floral pela instrutora Terezinha Rodrigues, e às 17h, encerramento do evento.