Fale Conosco

23 de janeiro de 2018

27º Salão do Artesanato da Paraíba realiza Ciclo de Palestras até dia 3 e fevereiro



O Ciclo de Palestras do 27º Salão do Artesanato da Paraíba começa na tarde desta terça-feira (23), logo mais às 14h, no Auditório 1, no Espaço Cultural, em João Pessoa. O evento acontece até dia 03 de fevereiro, com entrada é gratuita, sendo direcionado aos artesãos, gestores ligados a cooperativas de economia solidária e empreendedores do setor. As vagas são limitadas à capacidade física do auditório e os interessados devem chegar uma hora antes do início dos debates para garantir a participação.

De acordo com a gestora do Programa do Artesanato da Paraíba (PAP), Lu Maia, que é responsável pela realização do Salão; o primeiro debate do Ciclo de Palestras será mediado pela superintendente do Procon Estadual da Paraíba (Procon-PB), Késsia Liliana, com o tema “Educação para o Consumo”. Os demais debates contarão com a participação de representantes da UFPB e dos segmentos da moda e do mercado do artesanato. Todas as palestras começarão às 14h, exceto a palestra – ‘Clínica de Produtos Criativos para Moda’, com Romero Sousa, que se iniciará pontualmente às 13h30min.

Participação – O Ciclo de Palestras é aberto ao público, principalmente os 370 artesãos (de 78 associações) que estão presentes no Salão e desejam receber formação. “A iniciativa visa valorizar os diversos produtos confeccionados pelos artesãos e destaca o processo de crescimento do artesanato na Paraíba”, destacou Lu Maia, acrescentando que também será realizado o Fórum de Inserção do Artesanato nos Meios Digitais.

Segundo a gestora do PAP, o Fórum que vai discutir vendas pela internet, os participantes podem descobrir novas possibilidades de crescer e organizar seus negócios criativos. “Apenas o público que desejar participar do Fórum de Inserção do Artesanato nos Meios Digitais tem que realizar inscrição pelo site http://craftto.com/forum-de-negocios/”, informou Lu Maia.

O Programa do Artesanato da Paraíba (PAP) tem como objetivo ampliar a visibilidade e reposicionar o artesanato perante o mercado por meio da realização do Salão do Artesanato da Paraíba, além de proporcionar aumento de faturamento e maior competitividade aos pequenos negócios do setor.