Fale Conosco

4 de julho de 2011

21,9% das demandas são resolvidas em atendimento preliminar do Procon



O Procon estadual atendeu 5.340 consumidores de todo o estado no primeiro semestre deste ano. Deste total, 1.170 tiveram seus problemas solucionados no atendimento preliminar, o que significa que 21,9% dos consumidores que procuraram o Procon-PB tiveram a solução para os seus casos de imediato, sem necessidade de realização de audiência.

No mesmo período do ano passado, o índice de resoluções no atendimento preliminar era de 17,6%. A coordenadora do Serviço de Atendimento ao Consumidor do Procon-PB, Iris Duarte, acredita que o crescimento no percentual de problemas resolvidos no primeiro atendimento é resultado do esforço da equipe na busca de uma solução ou acordo imediato.

“Nossos atendentes têm se esforçado e entrado em contato com as empresas para que o consumidor já saia do Procon com uma solução para o seu problema. Por outro lado, as empresas também estão se preocupando em resolver as questões antes da abertura de um procedimento administrativo”, comentou.

Para Iris Duarte, o resultado deste esforço é a resolução do problema com mais agilidade. “Desta forma, o consumidor não precisa retornar ao órgão para participar de uma audiência e ter seu problema solucionado”, ressaltou.

Nos casos em que as soluções com as empresas não são alcançadas no primeiro atendimento, são registradas reclamações e agendadas audiências de conciliação. Entre os meses de janeiro e junho deste ano, foram registradas 4.170 reclamações.

A maior parte das reclamações registradas neste ano está relacionada a problemas financeiros, como por exemplo, cobranças indevidas, venda casada e serviços ou produtos não solicitados.

Serviço: O Procon Estadual funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 18h. O órgão tem sede em João Pessoa e centrais de atendimento nos municípios de Campina Grande, Cajazeiras, Patos, Princesa Isabel e São Bento. Os telefones de contato do órgão são o 0800-281-1512 e 3218-6959.