Fale Conosco

9 de dezembro de 2009

20º jogos paraolímpicos da PB se iniciam nesta 5ª, em Campina



Mais de 700 atletas com dificuldade de mobilidade estarão participando do XX Jogos Paraibanos para Pessoa com Deficiência, a partir desta quinta-feira (10), em Campina Grande, numa realização do Governo do Estado, através da Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad), e das secretarias de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e de Interiorização e Ação Governamental do Estado.

De acordo com a programação, a solenidade de abertura dos Jogos acontecerá às 20h, na Vila Olímpica Plínio Lemos, onde estarão reunidas autoridades federais, estaduais e municipais; representantes de entidades de apoio às pessoas com deficiência, além de delegações de todo Estado. Na oportunidade, a secretária de Interiorização, Ana Cláudia Nóbrega Vital do Rêgo, estará dando as boas vindas aos competidores juntamente com a presidente da Funad, Rosália Maria Lins Araújo, e o secretário de Esporte, coronel Francisco de Assis.

Apesar da abertura oficial do evento, que também conta com o apoio do Instituto dos Cegos e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Campina Grande (APAE), ambos de Campina Grande, acontecer na noite da quinta-feira, as competições terão início pela manhã, a partir das 8h30, e prosseguirão até a tarde do domingo (13), às 16 horas. A maioria das provas será realizada na Vila Olímpica, salvo o goalbal (futebol para atletas cegos e com visão subnormal) que acontecerá no Instituto dos Cegos.

Com o objetivo de difundir as atividades desportivas voltadas para as pessoas com deficiência, Jogos Paraibanos para Pessoa com Deficiência visa ainda valorizar a experiência pessoal de atletas que conseguiram superar seus limites e desenvolver, com sucesso, habilidades físicas. Nesse sentido, o evento contemplando oito (8) modalidades esportivas: atletismo, futsal, natação, voleibol de areia, capoeira, judô, goalbal e basquete em cadeira de rodas.

Descentralização – Anualmente, os jogos direcionados as pessoas com deficiência eram realizados sempre em João Pessoa, onde está sediada a FUNAD. No entanto, a nova Diretoria da Fundação decidiu pela descentralização do evento e, a partir deste ano, realizá-lo em outras cidades do Estado, a exemplo de Campina Grande. “Estamos promovendo a interiorizar de suas ações para melhor atendemos as pessoas com deficiências sem medir distancias.

Começamos pela saúde, passamos pela educação especial e agora com o esporte” explicou a presidente Rosália Araújo, lembrando que o território paraibano é extenso e que nem sempre as pessoas com deficiência têm condições de se deslocar até a capital para conhecer as políticas de inclusão social que o Governo do Estado oferece.

Assessoria de Imprensa da Funad