João Pessoa
Feed de Notícias

.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 - 18:37 - Fotos: 
Investimentos, melhoria da infraestrutura, aplicação de programas, realização de cursos de formação e de seminários. Estas foram algumas das ações realizadas pelo governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Educação e Cultura, divulgadas em revista com relatório de gestão 2009/2010. A publicação apresenta, também, quantitativos aplicados em material didático, fardamento e transporte escolar beneficiando cerca de 400 mil alunos matriculados na rede estadual.

De acordo com o relatório, na estrutura física foram concluídas no período 67 obras, incluindo reformas de 59 escolas, cinco ginásios e a conclusão da construção de três unidades escolares no valor de mais de R$ 10 milhões. Atualmente há 120 escolas em reforma, somando o valor de R$ 22 milhões 807 mil e 734 reais. Existem ainda 31 reformas contratadas com recursos da ordem de mais de R$ 3 milhões, além de 19 escolas em construção com recursos do Plano de Ações Articuladas (PAR) com investimento de aproximadamente R$ 23 milhões. Com recursos do PAR Brasil Profissionalizado estão em reforma e ampliação 26 unidades escolares no valor de R$ 15 milhões 30 mil e 550 reais.

O documento destacou os investimentos com a aquisição de 160 ônibus escolares no valor de mais de R$ 23 milhões e fardamento, onde foram investidos aproximadamente R$ 24 milhões.  A publicação apresenta também os programas de  formação de professores, ressaltando a parceria do Estado com Instituto Ayrton Senna e os municípios, com a aplicação e vivência da metodologia específica relativa à distorção idade/série para 2.886 profissionais.

Foi realizado também durante o período o curso de implantação do Ensino Fundamental de 9 anos e novo acordo ortográfico da Língua Portuguesa, para 1.712 educadores; a introdução à Educação Digital para 3.900 professores de 150 escolas; o curso de especialização em Gestão Escolar para 400 gestores; o Plano de Desenvolvimento da Escola – PDE com 503 gestores e técnicos estaduais e municipais e o Seminário Estadual da Educação, do qual participaram 1.400 gestores escolares de todo o Estado, entre outros.

Além de seminários e fóruns de que fala o relatório foram apresentados também  encontros e oficinas nas 12 Gerências Regionais de Educação e Cultura. Os programas direcionados aos alunos foram citados, como o Programa Nacional do Livro Didático, Brasil Alfabetizado, Projovem Urbano, Escola Aberta, Escola em Tempo Integral, Ensino Médio Inovador, Pré-vestibular, Projovem Campo, Exames Supletivos, Brasil Profissionalizado, Programa Educacional de Resistência às Drogas  e à Violência (Proerd), entre outros.

O relatório também traz os indicadores da Educação, como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), a taxa de analfabetismo no Estado, os recursos para a Educação nos anos de 2009 e 2010 e o número de matrículas nas quatro redes de ensino, tais como a estadual, as municipais, a federal e a particular.  

Janildes Andrade, Assessoria de Imprensa da SEEC