Fale Conosco

4 de novembro de 2011

‘Destino Paraíba’ é divulgado em Assunção, no Paraguai



Depois de participar de dois eventos na Argentina, o “Destino Paraíba” volta à vitrine do mercado sul-americano. Desta vez, os atrativos turísticos da Paraíba serão apresentados em Assunção, capital paraguaia, dentro da Feria Internacional de Turismo Del Paraguay (Fitpar). O evento acontece neste sábado (5) e domingo (6).

A presença da Paraíba nesta feira segue a orientação do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), que é reforçar as ações de promoção do Brasil nos países do continente. A Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) também estará em Assunção, onde distribuirá material institucional dos principais roteiros paraibanos. Em sua sétima edição, a Fitpar se tornou uma importante feira internacional de turismo, e a PBTur mantém a estratégia de se fazer presente nos grandes eventos do mercado sul-americano.

Segundo o Estudo da Demanda Turística realizada pelo Ministério do Turismo (Mtur), cerca de 42,3% dos paraguaios buscam o Brasil por motivo de lazer. O binômio sol e praia continua sendo o principal interesse dos vizinhos, chegando a 73,2% da preferência. Os visitantes do Paraguai ficam 9,2 dias por aqui e gastam, diariamente, uma média de US$ 66.

No intuito de atrair esses turistas à Paraíba, a PBTur pretende, num primeiro momento, apresentar os roteiros locais aos turistas paraguaios, segundo disse a presidente da empresa, Ruth Avelino. “Depois, buscaremos os melhores meios para implementar um roteiro que interligue os paraguaios com a Paraíba”, acrescentou.

A executiva citou que esse modelo de ação foi incrementado nos dois eventos na Argentina, onde, por meio de parcerias com a Embratur e Fundação Comissão de Turismo Integrado do Nordeste (CTI-NE), a Paraíba deu início ao processo de apresentação de seus roteiros para os argentinos.

Aumento – Essas ações promocionais contam com o aval da Embratur e CTI-NE. A Embratur já estima que o país tenha o melhor verão da história em números de turistas estrangeiros, apesar de a presença de sul-americanos ainda estar longe do ideal. “Queremos continuar recebendo mais turistas europeus e americanos, entre outros, mas também é nosso enfoque aumentar a presença de países vizinhos em destinos brasileiros”, disse o presidente da Embratur, Flávio Dino.