Fale Conosco

8 de março de 2018

​Comissão de orgânico define planejamento para 2018 visando atender a agricultura familiar



comissao de organico realiza planejamento visandoatender agricultura familiar 1 270x191 - ​Comissão de orgânico define planejamento para 2018 visando atender a agricultura familiarA Comissão Produção Orgânica da Paraíba (CPOrg-PB) realizou, na semana passada, na cidade de Sumé, no Cariri, sua primeira reunião ordinária do ano, quando foram discutidas ações que serão fundamentais para consolidar a produção agroecológica e orgânica na Paraíba.Também foi definido o planejamento das atividades para o ano de 2018 e aprovada uma reunião extraordinária para discutir a produção de algodão orgânico/agroecológico que vem sendo executada na Paraíba.

Na próxima reunião da CPOrg-PB, que acontecerá entre os dias 10 e 11 de abril próximo, em João Pessoa, serão discutidas a Programação da Semana Nacional do Alimento Orgânico, encontros dos Núcleos de Agroecologia (NEAs) e a sistematização do Organismo de Controle Social (OCSs) no Litoral paraibano.

Na reunião em Sumé, ficou ainda definida uma série de visitas às OCSs localizadas nos municípios de Sapé, Jacaraú e Pitimbu, entre os dias 27 e 28 deste mês, e também acontecerá no Cariri entre os dias 26 a 29 próximos. Em Sumé, no dia 25 de abril, acontecerá oficina sobre a legislação dos orgânicos do Brasil. Nos próximos encontros da CPOrg-PB será definida a programação dos outros eventos que acontecerão neste ano.

Objetivos – A Comissão Produção Orgânica da Paraíba (CPOrg-PB) tem por finalidade o acompanhamento e auxílio nas ações indispensáveis ao desenvolvimento da produção agroecológica e orgânica, com base na integração entre os agentes da rede de produção orgânica dos setores público e privado e na participação da sociedade no planejamento e gestão democrática das políticas públicas, e vem apresentando avanços na sua proposta.

Os agentes públicos são responsáveis pela assistência técnica, fazem avaliação da conformidade da produção, ensinam na preparação de insumos, contribuindo com a mobilização social e atuar na defesa do consumidor.

Na Comissão, a Secretaria do Desenvolvimento Agropecuária e da Pesca, por meio de suas vinculadas integrantes da Gestão Unificada Emepa/Interpa/Emater, representa o Governo do Estado, que tem como membros o agrônomo Verneck Abrantes e a Bióloga Sandra Vidal, ambos da Emater na Comissão.