João Pessoa
Feed de Notícias

‘Quem Quiser Que Conte Outra’ resgata brincadeiras de roda

quarta-feira, 7 de abril de 2010 - 18:53 - Fotos: 
A criançada terá uma boa opção cultural nos finais de semana deste mês de abril. O musical infantil ‘Quem quiser que conte outra’ ficará em cartaz a partir do próximo sábado (10) no Teatro Santa Roza, em João Pessoa. O espetáculo é uma realização da Cia. Oxênte de Atividades Culturais, com direção de Edilson Alves, e poderá ser conferido aos sábados e domingos, às 17h, até o dia 25 deste mês.

Durante os oito anos de existência, ‘Quem quiser que conte outra’, que resgata as eternas cantigas e brincadeiras de roda e de fundo de quintal, já foi visto por mais de 17 mil espectadores entre as cidades de Fortaleza e Crato (CE), Campina Grande (PB), Cuibá (MT), Recife (PE) e várias escolas públicas através do Fundo Municipal de Cultura (FMC). Esta é a primeira vez que o espetáculo entra em cartaz no Teatro Santa Roza.

Ganhador de vários prêmios de teatro infantil, o musical trás à tona toda a magia dos contadores de estórias, e ainda transporta a criança e o adulto para o mundo de Vó Gracinha, uma vovó que conta estórias da literatura de cordel. O espetáculo estimula a imaginação da criança e rememora a infância do adulto.

Recordações – Com o objetivo de resgatar a cultura popular subtraída com o advento das novas tecnologias, a Cia. Oxênte de Atividades Culturais mostra três personagens que voltam para uma determinada cidade para rever essa Vó que conta estórias. Uma dessas estórias é a encenação do famoso conto popular do boi estrela, onde aparecem personagens do universo da cultura popular, como Mateus, Catirina, o boi, a burrinha, entre outros.

“Ao assistir a peça, o adulto fará uma boa recordação do tempo em que brincava de amarelinha (academia), mané-mole, pião, bola de gude, carro de lata, boneca de pano e várias outras brincadeiras que a tecnologia fez as crianças de hoje esquecerem”, observa o diretor Edilson Alves. Ele explica que o musical é uma continuidade de pesquisa e estudos sobre a dramaturgia nordestina, ampliando as possibilidades de discussão da cultura folclórica no universo da música, dos cantos, dos contos, versos, ditos e mitos e valorizando o trabalho interpretativo dos atores.

“Apresentar este espetáculo é como voltar à infância. É poder dar oportunidade aos jovens de hoje de voltar ao passado. É dar asas à imaginação. Dificilmente as crianças de hoje conhecem os brinquedos que nós mostramos, as músicas que nós cantamos. Temos uma grande responsabilidade em cena, que é mostrar esta cultura, de forma lúdica, emocional e intelectual, sem poder deixar de tratar a criança como ser pensante”, acrescentou Edilson. No elenco, Jacinta de Lourdes, Jô Carvalho, Neide Melo, Gorethe Araújo, Fábio Azevedo, Alberto Black e José Maciel.

Ficha técnica

Realização: Cia. Oxênte de Atividades Culturais
Direção e cenário: Edilson Alves
Texto: Pesquisa da Cia. Oxênte
Maquiagem: O grupo
Figurinos: Geostenes Mello
Músicas: Domínio público

Elenco
Alberto Black – Cumpadre Francisco
José Maciel – Zé e Mateus
Jacinta de Lourdes – Já e Catirina
Jô Carvalho – Jô
Gorethe Araújo – Go e Coronel Francisco
Neide Mello – Vó Gracinha
Fábio Azevedo – Tubiba

Serviço
Musical infantil ‘Quem quiser que conte outra’
Dias: Sábados e domingos de abril
Horário: 17h
Onde: Teatro Santa Roza
Quanto: R$ 20 (adultos) e R$ 10 (crianças, estudantes e idosos acima de 60 anos)

Da Assessoria de Imprensa da Fundação Espaço Cultural