João Pessoa
Feed de Notícias

‘Cantigas do Sol – Dom Quixote de Cordel’ faz temporada no Santa Roza

quinta-feira, 8 de abril de 2010 - 11:04 - Fotos: 
Musical premiado pela Funarte reúne elementos regionais para contar, no palco, a história de Luiz Gonzaga e terá sessões gratuitas para estudantes da rede pública

Chega a João Pessoa, neste fim de semana, o musical Cantigas do Sol – Dom Quixote de Cordel. O espetáculo popular, concebido dentro de uma perspectiva operística, inspirado na poesia de Zé Dantas, Humberto Teixeira e outras de domínio público, numa tentativa de contar, um pouco, a história de um dos mais importantes ícones da cena musical e cultural do nosso país: Luiz Gonzaga.

Vencedor do Prêmio Miriam Muniz, da Funarte, Cantigas do Sol fica em cartaz no Teatro Santa Roza, no Centro da Capital, sábado, às 20h30, e domingo, às 20h, com ingressos a R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia). Nesta sexta (09), haverá duas apresentações gratuitas, às 15h e 20h, para alunos de escolas públicas. Pela contrapartida do prêmio, a peça segue, de João Pessoa, para mais oito apresentações, quatro em Recife (PE) e quatro em Maceió (AL).

“Meu objetivo é apresentar uma cena com características de musicais do primeiro mundo, tendo como suporte um elenco composto por dezessete atores e quatro músicos que tocam, cantam, dançam, representam e – pasmem – fazem até mágicas”, diz o diretor e ator Vital Santos. “Na verdade, eu quero mostrar a nova cor da Cena Nordestina sem nenhum ranço regionalista”, continua.

O elenco é composto por 17 atores e quatro músicos que, durante uma hora e meia de espetáculo, tocam, cantam, dançam, representam e até fazem mágicas em algumas cenas. “A musicalidade da nossa gente, refletida no jeito de andar, falar, dançar, e nas músicas

Tudo isso representada pelo mote dos violeiros e pela punjança poética das canções populares nas canções populares de Zé Dantas, Humberto Teixeira, Zé Marculino e Luiz Gonzaga”, comenta Vital Santos.

Cantigas do Sol – Dom Quixote de Cordel pode ser definida como uma ópera pobre brasileira, mas pretensiosa, pois sua encenação vai beber na fonte dos autos populares e na poética de Bertolt Brecht para dar beleza e magia a sua riqueza de nuances e intenções, cujos signos postos no tablado pretendem encantar pelo deslumbre estético e pela força das denúncias contidas, com objetivos políticos claros, resgatando na atual cena brasileira os grandes musicais.

SERVIÇO

Cantigas do Sol – Dom Quixote de Cordel
Quando: Sexta-feira (sessão aberta para alunos de escola pública), sábado, 20h30, e domingo, 20h.
Onde: No Teatro Santa Roza (Pça. Pedro Américo, s/nº, Centro, João Pessoa – tel. 3218.4382/ 3241.4148)
Quanto: R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia)
Duração: 90 minutos
Classificação indicativa: 14 anos
Assessoria de Imprensa da Funesc