João Pessoa
Feed de Notícias

‘Bombeiros nos Condomínios’ será lançado nesta segunda-feira, dia 26

quinta-feira, 22 de abril de 2010 - 13:33 - Fotos: 
Os acidentes domésticos são as principais causas de morte entre crianças de 1 a 14 anos no mundo. Só o Brasil registra cerca de seis mil óbitos e 140 mil internações todos os anos, de acordo com Ministério da Saúde. A falta de cuidado e deixar crianças em situação de perigo são as maiores responsáveis pelas ocorrências. Para diminuir essas estatísticas, o Corpo de Bombeiros da Paraíba vai lançar na próxima segunda-feira (26) o projeto “Bombeiros nos Condomínios”.

A solenidade ocorrerá às 9h, no comando geral da instituição, instalado às margens da BR 101, em Marés. O evento terá a presença do secretário de Segurança e Defesa Social, Gustavo Gominho, além de autoridades militares. Na ocasião, o Governo fará a entrega oficial de três viaturas e um caminhão de combate de incêndio aos bombeiros.

Como o nome sugere, através do projeto “Bombeiros nos Condomínios”, os militares irão visitar edifícios para fazer inspeções técnicas e palestras para moradores sobre condutas para evitar acidentes. Uso adequado do extintor, evacuação do prédio e alertas sobre atitudes que podem causar acidentes serão as principais recomendações da Corporação.

O trabalho já começará no próximo sábado (1) e será realizado num prédio localizado em Miramar. De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros da Paraíba, coronel Ricardo Rodrigues da Costa, as visitas ocorrerão aos sábados e serão agendadas com a ajuda do sindicato dos condomínios. Apenas um prédio será vistoriado por dia.

Nas comunidades – Na segunda quinzena de maio, a corporação lança o projeto “Bombeiros nas Comunidades”, outra edição do trabalho, mas voltado para áreas carentes. A ação será realizada nas praças dos bairros.

Através de carros de som, os moradores serão convidados a assistir as palestras e assistir pequenas peças teatrais. Com apoio de material educativo, os bombeiros irão mostrar as pessoas como os acidentes podem ser evitados em casa. Cuidados que devem ser tomados com panelas sobre o fogão, uso de eletrodomésticos e de botijões de gás serão alguns temas abordados. As orientações estarão presentes em cartilhas e folders que serão distribuídos gratuitamente entre a população.  

O comandante do Corpo de Bombeiros, Ricardo Rodrigues, explica que os principais acidentes envolvendo crianças ocorrem por descuido dos pais. Abaixo, algumas dicas de prevenção, sugeridas pela Sociedade Brasileira de Pediatria, prometem ajudar a diminuir os casos.

DICAS

1. Cozinhe nas bocas de trás do fogão e sempre com os cabos das panelas virados para trás. Isso evita que crianças entornem os conteúdos sobre elas.

2. Evite segurar as crianças no colo enquanto mexe panelas no fogão ou manipula líquidos muito quentes. Até um simples cafezinho pode provocar graves queimaduras na pele de um bebê.

3. Quando estiver tomando ou segurando líquidos quentes, fique longe das crianças.

4. Nada de toalhas de mesa compridas ou jogos americanos. As mãozinhas curiosas podem puxá-las, causando escaldadura ou queimadura de contato.

5. Não deixe as crianças brincarem por perto quando você estiver passando roupa nem largue o ferro elétrico ligado sem vigilância. Cuidado com os fios dos outros eletrodomésticos. Se possível, mantenha-os no alto.

6. Verifique sempre o estado das instalações elétricas. Fios desencapados podem ser muito perigosos.

7. Evite ligar vários aparelhos eletrônicos em uma mesma tomada;

8. As tomadas devem estar protegidas por tampas apropriadas, esparadrapo, fita isolante ou mesmo cobertas por móveis.

9. Guarde todos os líquidos inflamáveis e químicos fora da casa e trancados longe do alcance das crianças;

10. Muito cuidado com álcool. Ele é responsável por um grande número de queimaduras graves em crianças. Guarde o produto longe do alcance delas. O mais seguro é substituir qualquer versão de álcool por outros produtos de limpeza.

11. Cuidado com os chamados “benjamim” ou “T”, que são pinos de três fases de entrada para conexão de energia. O acessório permite que três eletrodomésticos sejam conectados ao mesmo tempo à tomada elétrica. No entanto, as máquinas não podem ser ligadas ao mesmo tempo. Isso pode causar uma sobrecarga elétrica e gerar um incêndio.

12. Atenção na hora de manter televisores e outros equipamentos ligados próximos a móveis feitos de material inflamável, como camas e sofás. Uma descarga elétrica pode terminar em incêndio ao encontrar as espumas do sofá.

13. Quando estiver num local cercado pelas chamas é procurar uma saída. Para isso, se precisar ultrapassar uma labareda de fogo, se proteja com uma colcha ou toalha molhada.

14. Geralmente, quem não morre pelos danos das queimaduras, perde a vida pela asfixia. O fogo produz muito monóxido de carbono, gás tóxico e fatal para os humanos. Uma forma de evitar a entrada isso é usando um pano molhado sobre o nariz.

15. Em locais distantes do fogo, mas que já estão tomados pela fumaça, a pessoa deve rastejar em busca da saída. A fumaça é mais leve que o ar e sobe. O oxigênio fica mais próximo à superfície do chão. Se a vítima conseguir rastejar, poderá encontrar o oxigênio e não morrer de asfixia.

16. Um erro muito comum das pessoas que são cercadas pelo fogo é tentar se refugiar no banheiro e usar a água da torneira e do chuveiro para se livrar do calor e das chamas. Essa medida deve ser evitada, porque a água evita a morte por queimadura, mas a vítima acaba morrendo por asfixia.

17. Ao chegar em casa e sentir cheiro forte do gás, não acenda nem apague as luzes. Abra portas e janelas para que a casa seja ventilada e o gás se disperse. Acionar o interruptor pode acender uma faísca e causar uma explosão.

Nathielle Ferreira, da Secom-PB